Inicial > Astrología e Horóscopo > A Terrível Tragédia do Rio de Janeiro

A Terrível Tragédia do Rio de Janeiro

Como a Astrologia Kármica de Reencarnação pode ajudar a entender o que aconteceu?

12 jovens foram cruelmente assassinados na sua escola. 12 adolescentes perderam suas vidas e não estão mais entre nos. Centenas de perguntas para entender o Porquê.

A questão não é, porque um louco desequilibrado matou estas indefesas, inocentes crianças entre 12 e 14 anos; a pergunta principal é: porque Deus, o todo Poderoso, deixou acontecer isso? Porque deixou morrer um e o outro ao seu lado conseguiu se salvar?

Graça a Deus”, falaram aliviados os pais de uns que se salvaram! E graça a Deus também morreram os outros? Qual é a lógica atrás deste massacre? Onde estão os anjos de proteção? Ou estão em férias ou nem existem? E Jesus, nosso Salvador?

Toda uma nação, o mundo, inteiro ficou profundamente chocada. Como também em todas as outras catástrofes nos últimos tempos globais, em que as noticias se espalharam instantaneamente pelo mundo.

A Astrologia Kármica de Reencarnação ensina que, quando uma alma renasce aqui na Terra, ela morre no outro lado em uma outra dimensão e vice-verso, morre aqui e renasce lá. E que a alma é imortal e se reencarna inúmeras vezes. O sono é o pequeno irmão da morte, bem como o estar acordado é o pequeno irmão da vida aqui na terra. Somente os intervalos são maiores, tanto, que os perdemos de vista.

Deus, o todo Poderoso, nosso Criador também criou toda a ordem que rege o Universo. Cosmo quer dizer ordem e o caos é o lado oposto. Se olharmos para o Céu à noite, temos a confirmação desta grande ordem em nossa volta e que nada pode existir alem desta ordem. Isso inclui a nossa vida e nosso destino. Nada pode acontecer por acaso pela mesma razão, coincidências não existem; tudo tem sua ordem, tudo tem seu sentido.

Para saber algo do nosso destino, Deus desenha tudo no Céu no exato momento do nascimento, usando os planetas do nosso sistema solar. Muitas vezes é mal entendido, dizendo que os astros têm alguma influencia. Na verdade são símbolos dos Princípios Primordiais, dos Princípios Arquétipos. E os Astrólogos kármicos podem decifrar este destino, descobrindo das vidas passadas o karma e evidentemente as causas dos efeitos do destino desta vida.

Não existe injustiça divina, pois tudo tem seu sentido certo, inclusive quando alguém morre, como agora neste massacre no Rio, especialmente quando um louco mata 12 crianças inocentes e ferro outros com suas armas de fogo.

Não tem nada a ver com Deus, quando falta a nossa compreensão. Durante minha vida de astrólogo kármico interpretei milhares de mapas astrais e verifique especialmente a casa 8, a chamada casa da morte. Quando o destino, escolhido pela própria alma antes de reencarnar, prever uma morte precoce e ainda violenta, ele marca isso de um jeito que não deixe duvidas.

Muitos mapas tinham estas marcas e normalmente aconteceu o previsto mesmo. Quando não aconteceu, a pessoa entendeu sua tarefa kármica, mudou voluntariamente em tempo seu comportamento e suspendeu assim a necessidade kármica de morrer precocemente. Mas estes casos são raros.

Quantas vezes não foi consultado, quando pessoas foram seqüestradas, desapareceram de outras maneiras ou correram sérios riscos. Sempre consegui informar, se algo fatal ia acontecer ou não. O mapa astral nunca falhou.

O que eu quero dizer é que não é Deus que decide se ou quando alguém vai morrer e em quais circunstancias. É sempre a própria pessoa, a alma, que escolha já antes de nascer. O Karma somente é aquela instancia que controla o desenvolvimento da alma, do ser, da entidade encarnada.

Vamos ver o exemplo deste assassino cruel: ao morrer, ele já se conscientizou instantaneamente que ele fez algo terrível e deve pagar por isso. Ele mesmo está agora desejando isso e quer renascer o mais breve possível para começar imediatamente. Normalmente vai se submeter certo tempo aos estudos espirituais para entender e se arrepender realmente de tudo que ele fez. Mas depois disso vai renascer em condições, ambientes e família que pode proporcionar o pagamento do seu karma, naturalmente sofrendo muito para sentir o sofrimentos dos outros que ele prejudicou. Olha você em sua volta as pessoas sofredoras. O que deve ser a razão? O que eles fizeram em vidas passadas para merecer tantos sofrimentos?

Quando alguém morre, e pensando especialmente nestas pobres vitimas de jovens, eles somente sentem felicidade, pois o destino na Terra terminou e elas pagaram com suas mortes por algo que fizeram em outras vidas com outras pessoas. Agora estão livres, sem corpos mortais, sem limites e sabendo que são almas imortais. Nestes momentos, tudo se torna claro e lógico e finalmente estão em paz num mundo divino.

Claro, vão lamentar de ter deixado os entes amados tristes e sofrendo lá embaixo na Terra e estão tentando de dize-lhes:

Olha aqui! Sou eu! Estou bem, está tudo em ordem! Não chorem, eu estou muito feliz aqui!”

E eles têm razão, muita tristeza amarra as almas aqui e elas não podem subir ate sua dimensão.

Favor, não pense que eu não tenho coração e não sinto tristeza sobre os acontecimentos. Também estou triste, mas entendo que existem destinos ás vezes sofridos e duros, mas tudo tem algum sentido superior e justo. O mundo como nos conhecemos, não é só isso que vemos e podemos tocar. Existe algo atrás superior e invisível que não podemos entender com nossas mentes limitadas. Só podemos abaixar nossa cabeça humildemente diante do nosso Criador: “Seja feita Tua Vontade.”

Imagens: radiowebcp.com.br

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: