Inicial > Astrología e Horóscopo > O que você pode esperar de uma interpretação kármica? (5)

O que você pode esperar de uma interpretação kármica? (5)

Você já sabia disso?

Quando falo das “influencias”, preciso esclarecer um ponto muito importante: Planetas não têm influencias no sentido comum, mas sempre expressam princípios primordiais, princípios arquétipos. Cada planeta representa neste sentido um desses princípios que pode ser simbolicamente ativado com aspectos harmônicos e desarmônicos em conjunto com os demais.

Signos, planetas e casas, que pertencem a mesma classe, representam o mesmo princípio, porem num outro grau dentro do mesmo tema de uma analogia vertical. Exemplo: Aries, Marte e a primeira casa.

Signos significam idéias (de um arquiteto) ainda não manifestadas, planetas são os planos e energias para sua realização, e as casas são os campos, onde e como tudo se materializa.

Para ser bem claro: astrologia nunca será o ensinamento dos astros, mas dos princípios arquétipos! Porem, nos astros podemos reconhecer e praticar estes princípios. Se uma situação prevista realmente acontecerá, depende de vários fatores, principalmente do karma acumulado, do estado de espírito atual e do crescimento voluntario da alma nesta vida.

Enquanto o mapa astral de nascimento indica o karma deste exato momento do primeiro grito com todas suas tarefas e o programa de aprendizagem para toda uma vida, a previsão anual indica aqueles momentos em que certos princípios devem se realizar. Mas o Universo – como Deus em ação – reconhece cada mudança, cada passo em direção a evolução do espírito e da alma, considerando assim, se especialmente aspectos desarmônicos ainda estão necessários ou não para a evolução da alma. Com outras palavras, quando uma alma já absolveu de livre e espontânea escolha algo que era necessário de aprender, o principio não será mais importante de agir ou somente de uma maneira mais suave.

Podemos assim comparar a astrologia com um instrumento de medição da realidade, que mede, mas não produz o evento. Como um termômetro, que mede a temperatura, mas não produz a febre. Astrologia mede a qualidade do tempo de qualquer momento e não a quantidade.

Falando de tempo, é normal de pensar em uma medida quantitativa, mas seu pólo oposto é a qualidade do tempo que tem muito mais peso na astrologia.

Imagem: http://www.astrologiakarmica.com

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: