Inicial > Manipulação, medicina > O que você não deve saber sobre câncer (2)

O que você não deve saber sobre câncer (2)

A vitamina D e Câncer – mais 7 fatos que eles querem esconder de você. Parte 2.

Se há algo tão eficaz e disponível para todos, por que ninguém usa ou não usa suficientemente?

A recente descoberta de que o corpo pode se defender com a ajuda da vitamina D contra muitas doenças crônicas, tem despertado o interesse de muitos pesquisadores – especialmente a vitamina do sol que muitas vezes é capaz de prevenir ou curar doenças como câncer. Veja a continuação de um breve resumo dos fatos que surgiram a partir de estudos independentes nos últimos anos.

3.O maravilhoso efeito de cura do Sol

Um estudo publicado em 2011, realizado na França com 60.000 mulheres após a menopausa, que apresentaram um risco significativamente menor de câncer de mama em mulheres, que tiveram nutricionalmente ou por exposição à luz solar particularmente altos níveis de vitamina D. Este aumento significativo aconteceu quando as mulheres realmente foram expostos à luz solar.

Assim, se pode suspeitar o seguinte:

4.Interesses privados estão manipulando a medicina

A atitude de desprezo da medicina tradicional à vitamina D e sua eficácia no combate de câncer não pode ser mais justificado diante dos novos resultados excelentes da pesquisa. Portanto, uma saudável desconfiança contra este desprezo é razoável, especialmente quando não há laços financeiros entre organizações e instituições de pesquisa, que apoiam a investigação de supostas novas curas e empresas farmacêuticas, fabricantes de aparelhos de mamografia e outras organizações que ganham com a doença câncer.

Além disso, a investigação da vitamina D é, portanto, uma grande ameaça para a indústria de câncer, porque revelam meios alternativos de tratamento sem custos elevados.

5.Quimioterapia não funciona

Os tratamentos atualmente oferecidos pela medicina convencional para o câncer incluem quimioterapia. Existe um fato irrecusável: quimioterapia do cancro não tem qualquer efeito positivo. Não há nenhuma evidência científica que confirme tal efeito. A quimioterapia pode encolher os tumores, mas em nada contribui para eliminar o câncer e evitar recaídas. Além disso, os efeitos secundários estão bem documentados – efeitos secundários que pioram a condição do paciente, em vez de melhorá-la.

6.A ingestão diária de vitamina D não protege contra o câncer

A reavaliada ingestão diária de vitamina D nos EUA (600 UI para adultos e crianças ate 70 anos e 800 UI para adultos com mais de 70) é criticada.

É considerada muito baixa para produzir um efeito anti-câncer. De acordo com o Dr. Cedric Garland, estudos recentes têm mostrado que uma dose diária para adultos 4000-8000 unidades UI de vitamina D é necessária para manter uma proteção que reduz o risco de várias doenças, incluindo o câncer.

7.Radiação solar não leva necessariamente ao câncer de pele

Um estudo realizado em 2009 por pesquisadores da Universidade de Leeds mostrou que níveis mais altos de vitamina D foi associado com melhores chances de sobrevivência de câncer de pele. Na maioria das pessoas existe uma deficiência de vitamina D, as tornando vulneráveis a muitas doenças, não apenas para o câncer. A vantagem de maior radiação solar supera as desvantagens de longe, que de qualquer maneira estão sendo duvidadas pelas pesquisas recentes.

8.Câncer pode ser herdada

A idéia de que o câncer ocorre com mais freqüência em certas famílias, é um tema popular no “establishment médico”. Mas agora há uma abundância de resultados de pesquisas que mostram que o câncer pode ser evitado por altos níveis de vitamina D no sangue. Se um antepassado foi diagnosticado com câncer, a doença foi causada com grande probabilidade por algumas substâncias causadoras de câncer como fumaça de cigarros, produtos de cuidados e proteção da pele ou solventes químicos. Quem conhece e evita essas substâncias, reduz o próprio risco de câncer.

9. Cuida do que você come

Nossa dieta é realmente decisivo para a nossa saúde. Descobertas recentes mostram que para a prevenção e tratamento do câncer não precisa necessariamente medicamentos caros, mas algo que sempre está disponível – boa comida. De acordo com um novo estudo realizado por pesquisadores da Escola Harvard de Saúde Pública em homens que comiam peixe cinco vezes por semana, há um risco 40 por cento menor de câncer intestinal. Além disso, o peixe é uma excelente fonte de vitamina D.

Nos mesmos podemos decidir de se manter saudável ou voltar a ser saudável. A coragem de utilizar outros métodos que a medicina convencional de hoje usa, pode significar a diferença entre uma melhor qualidade de vida e uma recuperação difícil ou duvidosa. É agora possível de evitar o câncer. Podemos evitar uma doença ou convidá-la virtualmente. Tudo depende de nós mesmos.

Fontes: Aurora Geib, NaturalNews

Imagem: Kopp-Verlag

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: