Inicial > Brasil, Perigos > CNBB recomenda não reeleger Dilma

CNBB recomenda não reeleger Dilma

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma carta na última segunda-feira na qual pede que os fiéis não votem na candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff.
2014-05-28 CNBB recomenda não reeleger Dilma
Leia a carta na íntegra:
“Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.”

“Com esta frase Jesus definiu bem a autonomia e o respeito, que deve haver entre a política (César) e a religião (Deus). Por isto a Igreja não se posiciona nem faz campanha a favor de nenhum partido ou candidato, mas faz parte da sua missão zelar para que o que é de “Deus” não seja manipulado ou usurpado por “César” e vice-versa.

Quando acontece essa usurpação ou manipulação é dever da Igreja intervir convidando a não votar em partido ou candidato que torne perigosa a liberdade religiosa e de consciência ou desrespeito à vida humana e aos valores da família, pois tudo isso é de Deus e não de César. Vice-versa extrapola da missão da Igreja querer dominar ou substituir-se ao estado, pois neste caso ela estaria usurpando o que é de César e não de Deus.

Já na campanha eleitoral de 1996, denunciei um candidato que ofendeu pública e comprovadamente a Igreja, pois esta atitude foi uma usurpação por parte de César daquilo que é de Deus, ou seja o respeito à liberdade religiosa.

Na atual conjuntura política o Partido dos Trabalhadores (PT) através de seu IIIº e IVº Congressos Nacionais (2007 e 2010 respectivamente), ratificando o 3º Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH3) através da punição dos deputados Luiz Bassuma e Henrique Afonso, por serem defensores da vida, se posicionou pública e abertamente a favor da legalização do aborto, contra os valores da família e contra a liberdade de consciência.

Na condição de Bispo Diocesano, como responsável pela defesa da fé, da moral e dos princípios fundamentais da lei natural que – por serem naturais procedem do próprio Deus e por isso atingem a todos os homens -, denunciamos e condenamos como contrárias às leis de Deus todas as formas de atentado contra a vida, dom de Deus, como o suicídio, o homicídio assim como o aborto pelo qual, criminosa e covardemente, tira-se a vida de um ser humano, completamente incapaz de se defender. A liberação do aborto que vem sendo discutida e aprovada por alguns políticos não pode ser aceita por quem se diz cristão ou católico. Já afirmamos muitas vezes e agora repetimos: não temos partido político, mas não podemos deixar de condenar a legalização do aborto. (confira-se Ex. 20,13; MT 5,21).

Isto posto, recomendamos a todos verdadeiros cristãos e verdadeiros católicos a que não dêem seu voto ao Partido dos Trabalhadores (PT) e demais candidatos que aprovam tais “liberações”, independentemente do partido a que pertençam.

Evangelizar é nossa responsabilidade, o que implica anunciar a verdade e denunciar o erro, procurando, dentro desses princípios, o melhor para o Brasil e nossos irmãos brasileiros e não é contrariando o Evangelho que podemos contar com as bênçãos de Deus e proteção de nossa Mãe e Padroeira, a Imaculada Conceição.

Dom Luiz Gonzaga Bergonzini”

Imagem: ars-the.blogspot.com

Anúncios
  1. IVON CARLOS DE SOUZ\A ROCHA
    maio 27, 2014 às 10:28 pm

    E os bispos vão garantir que o seu candidato vai ser melhor que a Dilma? Por favor, me orientem em quem devo votar entre aqueles que vão sobrar e que também são políticos atuando há muito tempo e que não fizeram nada para resolver os problemas dos quais deveriam se ocupar, em vez de ficarem mudando nomes de ruas, fazendo homenagens a quem nada fez para facilitar a vida dos brasileiros. Também não vou votar na Dilma, mas, por favor, queiram me indicar um nome de pessoa merecedora do meu voto.

    • maio 28, 2014 às 11:44 am

      Olá Ivon, se você não vota mais em ninguém destes corruptos do PT e partidos coligados, já é uma boa decisão. A oposição não está envolvido nestas falcatruas atuais. Por isso voto no Aécio e em geral no PSDB e nunca mais em qualquer partido comunistas/socialistas e de jeito nenhum em Marina/Eduardo Campos, pois seu lar politico é da ultra esquerda.

  2. maio 27, 2014 às 10:31 pm

    E OS BISPOS VÃO GARANTIR QUE OS DEMAIS CANDIDATOS SÃO DIGNOS DE RECEBER NOSSOS VOTOS?

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: