Inicial > Consciencia > Assassinos Bárbaros: 796 Esqueletos De Bebês Encontrados Em Convento Da Irlanda

Assassinos Bárbaros: 796 Esqueletos De Bebês Encontrados Em Convento Da Irlanda

Os fatos justificam as perguntas:
2014-06-04 Papa Francisco
A Igreja Católica ainda representa Deus e seu Filho Jesus Cristo? Ela ainda é uma Igreja Cristã? Ou se tornou uma Associação do Mal que apenas quer o poder e o dinheiro e age com o medo para manipular seus crentes?

Nem vamos mais falar da Inquisição que matou durante muitos séculos centenas de milhares, se não milhões, dos seus crentes, quando foram classificados de hereges por razões na maioria injustas e não aceitáveis pela religião que prega o amor ao próximo. Muitos, especialmente mulheres, morrerem para esconder a cobiça incontrolável e proibida dos sacerdotes e lideres da igreja.

Porém, os católicos e o mundo moderno não aceitam mais esses crimes dos padres e homens da igreja que continuam até hoje com assassinos, estupros e pedofilia em todos os países em que a Igreja Católica se instalou. Até Magia Negra, Cultos Diabólicos e Sacrifícios de Crianças acontecerem no Vaticano, testemunharam participantes. Evidentemente, a Igreja nega e também que o penúltimo Papa alemão, que abdicou, provavelmente estava envolvido.

    Veja agora esta noticia no UOL da AFP de Londres:

“Quase 800 esqueletos de recém-nascidos foram encontrados em um cuba de cimento ao lado de um antigo convento católico da cidade de Tuam, na Irlanda, que abrigou jovens mães solteiras entre 1925 e 1961.

‘Alguém havia mencionado a existência de um cemitério para recém-nascidos, mas o que encontrei é muito mais que isso’, declarou a historiadora Catherine Corless, responsável pela descoberta.

Ao investigar os arquivos de um antigo convento de Tuam (oeste da Irlanda), atualmente transformado em condomínio, a historiadora descobriu que 796 bebês foram enterrados sem caixão ou lápide.

Os recém-nascidos teriam sido enterrados de maneira secreta pelas freiras (provavelmente por ordem dos poderosos padres). As mortes têm causas incertas: desnutrição, pneumonia, tuberculose e, sem dúvida, maus-tratos.

William Joseph Dolan, parente de uma criança que nasceu na instituição, entrou com uma ação na justiça para entender o que aconteceu no período.

A descoberta recorda outro escândalo que também envolveu mães solteiras. Entre 1922 e 1996 mais de 10 mil jovens trabalharam de maneira gratuita em lavanderias exploradas comercialmente por religiosas católicas na Irlanda.

As internas, conhecidas como as “Irmãs Madalena”, eram jovens solteiras grávidas ou que haviam demonstrado um comportamento considerado imoral no país de forte tradição católica.”

Estes acontecimentos não são raros e foram revelados em muitos outros conventos e países, como Espanha, França, Itália e Alemanha, mas também na América do Sul. Na maioria dos casos, os pais das crianças eram sacerdotes que estupraram as jovens freiras e, para não ser descobertos e punidos pela justiça, as pobres vitimas recém nascidas foram eliminadas cruelmente. Há testemunhas confiáveis de muitos conventos na Europa e no Novo Mundo, onde aconteceram estes crimes.

Faz parte da politica da Igreja Católica de negar tudo enquanto não há investigações sérias. E tudo acontece ainda hoje. Vamos ver se o Papa Francisco tem o poder de acabar com esses crimes.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: