Arquivo

Archive for the ‘medicina’ Category

Novidades sobre a Vacina contra a Gripe

Mais e mais pessoas dispensam este ano a vacina contra a gripe. Porque será?

Por exemplo, mais e mais americanos descobriram a fraude da vacina. De acordo com um estudo, que foi publicado nas paginas da Consumer Reports, tem menos pessoas este ano em comparação com o ano passado, que se deixaram vacinar contra a gripe.

31 por cento dos entrevistados disseram que, devido a temores sobre a segurança e eficácia, não tem certeza se eles querem fazer a vacina da combinação três-em-um. 30 por cento categoricamente declararam que este ano não participaram da vacinação.

O Bureau de Estatísticas do Canadá relatou recentemente que 60 por cento dos canadenses e 80 por cento dos americanos desistiram no ano passado da vacina contra o vírus H1N1, embora a mídia e o governo tentaram tudo através de relações públicas para empurrar as pessoas para fazê-lo.Também este ano, a maioria das pessoas rejeitou qualquer vacina contra a gripe apesar da propaganda interminável.

A pesquisa mostra que 44 por cento dos adversários da vacinação se preocupem por causa dos efeitos colaterais negativos. E esses temores se justificam quando você considera que as vacinas contra a gripe têm sido uma fonte de graves problemas neurológicos. 41 por cento dos entrevistados duvidavam da inocência de vacinação contra a gripe em geral, enquanto 45 por cento acreditam que a epidemia de gripe suína do ano passado foi exagerado e uma vacina contra a gripe, provavelmente, supérfluo.

Após um levantamento de distribuidores de farmacêutica CVS, dois terços dos entrevistados afirmaram que a recomendação da autoridade CDC dos EUA, autoridade do controle doença, que quem tem mais de seis meses, deve ser vacinado, não teria influenciado sua decisão. Muitas pessoas simplesmente ignoraram as recomendações das autoridades.

Não há realmente nenhuma razão convincente para uma vacina contra a gripe, porque não existe evidência substancial, se é eficaz ou não. Mas a vacina contém diversos aditivos tóxicos que podem causar sérios problemas de saúde. Em vez disso, é melhor você ter certeza que você está suficientemente protegido com vitamina D e suplementos alimentares que fortalecem o sistema imunológico e uma dieta vegetal saudável. Estas são medidas muito melhores para sua saúde e podem prevenir muito mais contra gripe.

E aqui no Brasil, o que acontece? Governo e Mídia estão fazendo um verdadeiro terror para criar medo (panico?) para que todos, velhos, jovens e crianças, correm para se deixar vacinar. É, a Industria Farmacêutica, especialmente a dos EUA, também quer viver! Aqui se confunde ganância com sucesso e sucesso é legal, ou não?

Imagem: Kopp-Verlag

Fontes:Jonathan Benson, USA Today, NaturalNews,

Anúncios

Vacina Anti-Câncer de Rins e Pele

Você sabia que já existe vacina anti-câncer (pele e rins)?

Foi desenvolvida por cientistas médicos brasileiros, uma vacina para estes dois tipos de câncer, que se mostrou eficaz, tanto no estágio inicial como em fase mais avançada.

A vacina é fabricada em laboratório utilizando um pequeno pedaço do tumor do próprio paciente. Em 30 dias está pronta, e é remetida para o médico oncologista do paciente.


Nome do médico que desenvolveu a vacina:

José Alexandre Barbuto
Hospital Sírio Libanês – Grupo Genoma.

Telefone do Laboratório: 0800-7737327

(falar com Dra. Ana Carolina ou

Dra. Karyn, para maiores detalhes)


Castanha-do-Brasil (Castanha-do-Pará)

Uma castanha por dia…

…não mais do que isso, garante as doses de selênio de que seu corpo precisa para preservar cada célula, por para fora possíveis substâncias tóxicas e viver mais.

DIOGO SPONCHIATO
Cabe na palma da sua mão, e ainda sobra um espaço e tanto, a arma que vai superproteger as unidades microscópicas do seu organismo. Em segundos, ao mastigar uma única castanha-do- pará, você recarregará os níveis de um mineral extremamente importante para uma vida longa e saudável: o selênio. A pequena oleaginosa repõe a quantidade do nutriente necessária para dar combate ao envelhecimento celular, causado pela formação natural daquelas incansáveis moléculas que danificam as células, os radicais livres.

Imagem: marcelojorgecom.blogspot.com, griloo.com.br,

A Indústria do Câncer não quer a Cura!

Prova: A University of Alberta in Edmonton, Canada, fez uma descoberta sensacional, ou seja uma cura contra câncer com um medicamento que sempre serviu como tratamento de raros transtornos metabólicos.

Mas a indústria farmacêutica não mostra nenhum interesse para novas pesquisas na substância dicloroacetato (DCA), que já foi relatado no início 2007. E por que não? Porque DCA já não está mais protegido por patentes. Assim não se pode ganhar muitos bilhões!

A pesquisa também confirmou que no caso do câncer se trata de um mau funcionamento metabólico e não de uma estranha mutação de células, que muitas vezes foi explicado pela hereditariedade.

Porém, conforme a vontade da Mafia Medica, você não deve saber nada disso. Mas isso confirma que a maioria dos terapeutas alternativos de câncer sabe há muito tempo.

Desde o presidente Nixon dos EUA, na década de 1970, declarou a “guerra contra o câncer”,a indústria do câncer foi bem sucedido em arrancar muito dinheiro para pesquisas de substancias de drogas para quimioterapias muito caras – 50.000 – 100.000 dólar e mais por caso, afinal para terapias toxicas dificilmente eficazes.

Quimioterápicos costumam trazer lucros adicionais através dos medicamentos prescritos para as terríveis reações adversas. Enquanto isso, mais e mais pessoas adoecem de câncer e mais e mais pessoas morrem, principalmente por causa do tratamento com substâncias tóxicas.

Declaração da pesquisa DCA
Evangelos Michelakis e a equipe da Universidade de Alberta testaram DCA com sucesso em células cancerosas humanas isoladas in vitro e em camundongos com câncer.

DCA tem sido utilizado para raros distúrbios metabólicos. Os piores efeitos secundários, que raras vezes aconteceram, incluem distúrbios de dormência e de andar.

Aos ratinhos DCA foi administrado em água e somente apos algumas semanas, mostrou-se um encolhimento significativo de tumores. Isto sugere que DCA pode ser tomado oralmente.

DCA funciona da maneira que as mitocôndrias são restauradas nas células. Michelakis e sua equipe descobriram que as mitocôndrias nas células cancerosas não são permanentemente danificado e irreparável, como foi declarado pela medicina mainstream.

Com função insuficiente das mitocôndrias, as células cancerosas utilizam a fermentação da glicose para produzir energia. Esta fermentação começa, quando a glicólise (conversão de glucose) acontece num ambiente celular anaeorbe , que também pode ser causado por tumores benignos, toxinas valores de pH baixos.

DCA atua sobre as mitocôndrias nas células de modo que elas funcionam de novo normal. Outra função das mitocôndrias é que elas dão o sinal para a morte celular ou auto-destruição da célula. Células normais morrem regularmente e são substituídas por novas células. Em células cancerosas, o sinal de morte não acontece e as células se tornam “imortal”.

Pesquisadores da Universidade de Alberta também observaram que durante a glicólise em células de câncer se produz ácido láctico. O ácido láctico divide o colagénio que une estes células em um tumor. Como resultado, as células cancerosas podem se separar mais facilmente de um tumor que está encolhido com a terapia convencional.

De acordo com os pesquisadores, esta é a razão pela qual os tumores cancerígenos formam metástases e se espalham em outros órgãos ou aparecem em outras partes do corpo, depois de terem regredido pela quimioterapia.

Hipocrisia trágica
Com terapias alternativas, não há o problema – ou somente raras vezes – de câncer metastático ou recorrência da doença após a remissão de tumores. A maioria das terapias alternativas cura o câncer completamente.

Com DCA a indústria do câncer recebe a oportunidade de desenvolver uma maneira de cura que é muito mais barato e mais seguro do que os atuais métodos padrão. Mas a indústria do câncer ignora esta oportunidade. DCA é como um órfão sem-teto que pede dinheiro de pesquisa para evitar dificuldades legais (uso off-label).

Médicos alternativos de câncer sempre experimentaram de forma simples e compartilharam suas experiências com outros apos o sucesso, porque valorizaram a cura mais do que dinheiro e poder.

A máfia da medicina criou condições que consomem grandes quantidades de dinheiro para ganhar muito dinheiro com a assistência médica ao invés de cura. Cada um, que está envolvido na fraude, ganha com isso. A indústria do câncer insulta terapeutas alternativos de câncer e os acusa de charlatães que ganham dos pacientes desesperados. Acusar os outros dos seus próprios crimes é chamado de projeção.

Todo complexo médico-farmacêutica é puro capitalismo de compadres, que não está interessado em cura para o câncer, não importa de onde vem.

Fontes: NaturalNews, PF Louis,

Imagem: Kopp-Verlag

As Mentiras sobra a Vacina da Gripe Suína

Avó morre de gripe suína após vacinação contra a gripe suína.
Na Grã-Bretanha, a avó Eleanor Carruthers de 68 anos morreu de gripe suína, após de ser vacinada alguns meses antes contra a gripe suína e declarado que ela era absolutamente protegida contra gripe!

Como o “Daily Mail” escreveu, a filha Carole não entendia, porque sua mãe se deixou vacinar, pois não pertencia a nenhum grupo de risco. Ela ficou doente no inicio do ano e se sentiu segura, pois os médicos garantiram que a vacina era 100% proteção contra a gripe.

Evidentemente, ninguém a informou que os médicos mentem, pois vacinas contra gripe nunca são tão seguras contra gripe. Sua eficácia nem é de 50%! Uma análise crítica dos dados disponíveis mostra que a vacina contra a gripe só é eficaz em uma entre cem pessoas, quer dizer 1%. Qualquer outro resultado não pode ser confirmado por pesquisas cientificas! Mesmo que os efeitos exagerados em anúncios e propaganda se repetem inúmeras vezes. Falar de 100% de proteção é fraude.

A propaganda mundial da vacina

Não somente o sistema de saúde na Grã-Bretanha “National Health Service (NHS) mente para seu público, quando afirma uma eficacia de 70 – 80%, isso acontece em todos os países, inclusive aqui no Brasil. Esta mentira é necessária para manter a aceitação perante a população a respeito das vacinas de gripe.

Se fosse um outro produto com a mesma falcatrua, as autoridades já teriam pedidopunição dos responsáveis. Porem, no assunto vacinas contra gripe, mentiras são toleradas pelas autoridades responsáveis abertamente para não pôr em perigo o programa de vacinas (Toda oba-oba é apenas para enganar a população que os governos estão cuidando delas).

NaturalNews” tem avisado publicamente que a vacinação contra a gripe pode aumentar realmente o risco de adoecer com a gripe. Alem disso ficou comprovado que as pessoas que regularmente tomam a vacina contra gripe são as mesmas que pegam a gripe.

(Isso confirma a minha própria experiencia: Enquanto tomava a vacina, uns dias depois fiquei doente de gripe. Nos últimos 6 -7 anos não tomei a vacina e também não peguei gripe.)

A mais importante proteção contra gripe é na alimentação, mas isso é escondido pelas autoridades sanitárias. Elas se recusam a informar às pessoas sobre a vitamina D que oferece uma proteção altamente eficaz contra a gripe, especialmente quando é acompanhado de outros nutrientes imune-reforço como o zinco.

O “segredinho sujo” da indústria de vacinas

Sobre a taxa de re-infecção entre as pessoas que já foram vacinados contra a gripe, os fabricantes de vacinas, os governos e especialistas em saúde conscientemente omitem qualquer informação, pois se a população soubesse da verdade, ninguém mais ia vender uma única vacina. Para evitar este desastre comercial, governos, autoridades de saúde e médicos continuam mentindo sobre a ineficácia da vacina, mesmo que custa a morte de algumas vitimas de vacinas como Eleanor Carruthers na Grã-Bretanha…

Somente neste país, 112 pessoas morreram nos últimos 4 meses do vírus da gripe. Não se sabe quantas foram vacinadas antes.

Esses números provavelmente nunca serão liberados pelas autoridades de saúde, nem na Grã-Bretanha ou em outros países da Europa, nem nos EUA e de jeito nenhum no nosso Brasil.

Ou você já ouviu de alguma vitima no Brasil? Especialmente aqui estes dados são omitidos. Chuta porque!

Esse é o “segredinho sujo” da indústria de vacinas – uma indústria que se baseia apenas no charlatanismo e fraude de marketing – (e ainda com autorização oficial das autoridades).

Fontes: Mike Adams + NaturalNews

Imagem: Kopp-Verlag

Médica de Niterói se rebela e rasga o verbo

CARTA ABERTA AO GOV. DO RJ.

UMA MÉDICA DE CORAGEM E CONVICÇÃO

Carta da Dra. Maria Isabel Lepsch ao Governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral

Sabe governador, somos contemporâneos, quase da mesma idade, mas vivemos em mundos bem diferentes. Sou classe média, bem média, médica, pediatra, deprimida e indignada com as canalhices que estão acontecendo.

Não conheço bem a sua história pessoal e certamente o senhor não sabe nada da minha também. Fiz um vestibular bastante disputado e com grande empenho; tive a oportunidade de freqüentar a Universidade do Estado do Rio de Janeiro, hoje esquartejada pela omissão e politiquices do poder público estadual. Fiz treinamento no Hospital Pedro Ernesto, hoje vivendo de esmolas emergenciais em troca de leitos da dengue. Parece-me que o senhor desconhece esta realidade.

O seu terceiro grau não foi tão suado assim, em universidade sem muito prestígio, curso na época pouco disputado, turma de meninos Zona Sul…

Aprendi medicina em hospital de pobre, trabalhei muito sem remuneração em troca de aprendizado. Ao final do curso, nova seleção, agora, para residência. Mais trabalho com pouco dinheiro e pacientes pobres, o povo… Sempre fui doutrinada a fazer o máximo com o mínimo. Muitas noites sem dormir, e lhe garanto que não foram em salinhas refrigeradas costurando coligações e acordos para o povo que o senhor nem conhece o cheiro ou choro em momento de dor.

No início da década de noventa fui aprovada num concurso para ser médica da Secretaria de Saúde do Estado do Rio de Janeiro. A melhor decisão da minha vida, da qual hoje mais do que nunca não me arrependo, foi abandonar este cargo. Não se pode querer ser Dom Quixote, herói ou justiceiro.

Dói assistir a morte por falta de recursos. Dói, como mãe de quatro filhos, ver outros filhos de outras mães não serem salvos por falta de condições de trabalho. Fingir que trabalha, fingir que é médico, estar cara-a-cara com o paciente como representante de um sistema de saúde ridículo, ter a possibilidade de se contaminar e se acostumar com uma pseudo-medicina é doloroso, aviltante e uma enorme frustração. Aprendi em muitas daquelas noites insones tudo o que sei fazer e gosto muito do que eu faço.

Sou médica porque gosto. Sou pediatra por opção e com convicção. Não me arrependo. Prometi a mim mesma fazer o melhor de mim.

É um deboche numa cidade como o Rio de Janeiro, num estado como o nosso, assistir políticos como o senhor discursarem com a cara mais lavada que este é o momento de deixar de lenga-lenga para salvar vidas. Que vidas, senhor governador ?

Nas UPAS? Tudo de fachada para engabelar o povão!!!!

Por amor ao povo o senhor trabalharia pelo que o senhor paga ao médico?

Os médicos não criaram os mosquitos. Os hospitais não estão com problema somente agora. Não faltam especialistas. O que falta é quem queira se sujeitar a triste realidade do médico da SES para tentar resolver emergencialmente a omissão de anos.

A mídia planta terrorismo no coração das mães que desesperadas correm a qualquer sintoma inespecífico para as urgências… Não há pediatra neste momento que não esteja sobrecarregado. Mesmo na medicina privada há uma grande dificuldade em administrar uma demanda absurda de atendimentos em clínicas, consultórios ou telefones.

Todos em pânico. E aí vem o senhor com a história do lenga-lenga. Acorde governador! Hoje o senhor é poder executivo. Esqueça um pouco das fotos com o presidente e com a mãe do PAC, esqueça a escolha do prefeito, esqueça a carinha de bom moço consternado na televisão. Faça a mudança. Execute. “Lenga-lenga” é não mudar os hospitais e os salários. Quem sabe o senhor poderia trabalhar como voluntário também. Chame a sua família. Venha sentir o stress de uma mãe, não daquelas de pracinha com babá, que o senhor bem conhece, mas daquelas que nem podem faltar ao trabalho para cuidar de um filho doente. Venha preparado porque as pessoas estão armadas, com pouca tolerância, em pânico. Quem sabe entra no seu nariz o cheiro do pobre, do povo e o senhor tenta virar o jogo.

A responsabilidade é sua, governador. Afinal, quem é, ou são, os vagabundos, Governador ?

Dra. Ma. Isabel Lepsch

ICARAÍ Rua Miguel de Frias 51 sala 303 Tel: 2704-4104/9986-2514

NITERÓI Av. Amaral Peixoto 60 sala 316
Tel: 2613-2248/2704-4104/9982-8995

SÃO GONÇALO Rua Dr. Francisco Portela 2385 Parada 40 Tel: 2605-0193/3713-0879

Através da Divulgação é que podemos tentar ajudar a diminuir a DESASISTÊNCIA TOTAL DO GOVERNO AOS HOSPITAIS PÚBLICOS DO BRASIL.

O que mais preocupa não é o grito dos violentos, dos corruptos, dos desonestos, dos sem-caráter, dos sem-ética. O que mais preocupa é o silêncio dos bons”.

Martin Luther King

Imagens: acessenoticias.com.br, canaldovieira.blogspot.com,

Categorias:medicina, POLÍTICA Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Dengue e Inhame (3) O que você não deve saber!

Quer saber a verdade sobre a Dengue hemorrágica? Dengue era uma doença sempre benigna, quer dizer que não matava, e por que ela se tornou de repente tão mortal?

Vamos imaginar o seguinte: uma das maiores indústrias farmacêuticas mundiais, dos EUA, instalou em 1954 um grande complexo industrial em São Jose dos Campos. Como qualquer outra indústria de qualquer outro ramo, somente boas vendas crescentes garantem o sucesso. Neste caso, porem, seus clientes finais são os doentes. E quem está doente, gasta tudo que é necessário para se tornar saudável de novo.

Se você acha que este ramo não age como qualquer outro na criação de mercados e crescimento da demanda, está redondamente enganado. As últimas décadas provaram que especialmente a indústria farmacêutica foi brutalmente inventiva em criar novas doenças e assim novas demandas e evidentemente novos remédios. Mas, é um grande erro, supor que todos os remédios foram feitos para curar. Pelo contrario, muitos tornam uma doença benigna em mortal, como no caso da dengue pelo PARACETAMOL, atualmente fabricado por uma das subsidiarias do gigante farmacêutico americano. Quem procura na internet, encontra muitas informações valiosas para entender este jogo sujo.

O comportamento irresponsável do Ministério de Saúde Brasileiro e da Anvisa se tornou escandaloso, pois a toxicidade deste remédio, que destrói o fígado, já é conhecido durante muitos anos.

A Veja publicou recentemente: Pesquisa divulgada pela revista científica New Scientist alerta sobre os riscos que o paracetamol traz para a saúde depois que foi divulgado que o analgésico se tornou a principal causa de insuficiência hepática nos Estados Unidos. O estudo mostra que a proporção de problemas no fígado causados pelo medicamento chegou a 51% do total em 2003. Em 1998, esta proporção era de 28%.

E como fica a mortalidade hoje no Brasil? O que mais deve acontecer ate alguém das autoridades tomar as necessárias providencias?

Agora, a salvação e cura é tão simples que já é ridículo. É coisa de índio: O INHAME!

O INHAME LIMPA O SANGUE… e tem inúmeras outras qualidades.

É um dos alimentos medicinais mais eficientes que se conhece: faz muitas impurezas do sangue saírem através da pele, dos rins, dos intestinos. No começo do século já se usava elixir de inhame para tratar sífilis.

FORTALECE O SISTEMA IMUNOLÓGICO
Os médicos orientais recomendam comer inhame para fortificar os gânglios linfáticos, que são os postos avançados de defesa do sistema imunológico. Curioso que a forma do inhame seja tão semelhante à dos gânglios…

EVITA MALÁRIA, DENGUE, FEBRE AMARELA
A presença do inhame no sangue permite uma reação imediata à invasão do mosquito, neutralizando o agente causador da doença antes que ele se espalhe pelo corpo. Aldeias inteiras morreram de malária depois que as roças de inhame foram substituídas (pelos brancos) por outros plantios.

É MAIS PODEROSO QUE A BATATA
E tem a vantagem de ser nativo, enquanto a semente da batata é
importada. Inhame dá com fartura em qualquer lugar úmido. Em vez de apodrecer na cesta, como a batata, ele brota e produz mais inhames. Nas mulheres aumenta a fertilidade porque contém fitoestrógenos, hormônios vegetais, importantes na menopausa e após.

MEDICINAL É O PEQUENO, CABELUDO
Marronzinho por fora, com a pele variando de roxo a branco. Existem ainda o inhame do norte e o cará, maiores e mais lisos, que são muito bons para comer mas não têm o mesmo poder curativo do inhaminho (também chamado de inhame chinês).

A FOLHA PARECE COM A TAIOBA
É da mesma família; ao contrário do que se pensa, a folha do inhame também serve para comer, cozida ou refogada. Às vezes pica muito, como a taioba.

OS OUTROS NOMES DO INHAME
Em latim, infelizmente, é colocasia esculenta. Na África e na América do Norte se chama taro, na América Central é ñame ou otoe, na França é igname, na Índia albi, no Japão sato-imo, no Caribe malanga ou yautia. E cará, em inglês, é yam .

Receitinhas de inhame:

CRU – COMA E AME! Tem inúmeras receitas, de salada, sobre purê, pastinhas, sautê, frito, pizza, inhoque, bolinhas e sopa, ate bolo, creme e torta.

Diverta-se com inhame!

Imagens: portalnoticiasbrasil.blogspot.com, nutriconsciente.blogspot.com, imagesfrom.co.cc,

Dengue e Paracetamol (2)

A verdade sobre PARACETAMOL e o comportamento escandaloso e irresponsável do Ministério de Saúde Brasileiro!

Quando surgiu em 1957 no mercado a droga chamada PARACETAMOL, imediatamente foi indicada como tratamento para dengue, pelo Ministério da Saúde Brasileiro, embora não exista nenhum trabalho NO MUNDO INTEIRO, que comprove a eficácia deste veneno no tratamento da dengue.

NO MESMO ANO A DENGUE COMECOU A MATAR, POIS PARACETAMOL VEIO COMO DROGA QUE DESTROI O FIGADO DO PACIENTE.

O vírus da hepatite C, já detona o fígado e com o veneno do PARACETAMOL, esse fígado é destruído o que leva o paciente à morte.

A dengue hemorrágica, nada mais é que a reação do organismo quando o fígado, destruído pelo PARACETAMOL, provoca a morte do doente.

Segundo o Prof. Dr. RENAN MARINO, professor de Pediatria na FAMERP (FACULDADE DE MEDICINA DE SJRIO PRETO-SP), a dengue é uma doença virótica, parente da hepatite C, e, sempre foi benigna, isto é, nunca matou.

Se o paciente NÃO TOMAR PARACETAMOL, ele terá todos os sintomas da dengue: mal estar, febre, dores nas juntas, vômitos, coceiras e dor nos fundos dos olhos, mas, após uma ou no máximo duas semanas, estará VIVO e bem.

MAS, SE TOMAR PARACETAMOL, corre o risco de morrer.

Nos Estados Unidos e na Grã-Bretanha, esse veneno é proibido.

Na Grã-Bretanha, é usado como forma de suicídio.

Tomando 10 comprimidos do veneno chamado PARACETAMOL, em cinco dias, seu fígado é destruído e se não fizer transplante, morre.

Por isso, se você ama alguém, informe-o disso.
Segundo o médico Prof.Dr. RENAN MARINO, pode-se tomar DIPIRONA e seus derivados, pois não são metabolizados no fígado.

Lembre-se: PARACETAMOL: também conhecido como Tylenol, Parador, Febralgin, Dôrico, vick prena ou Sonridor!

Imagens: bestsleepingpills.org, farmadelivery.com.br, multifidelidade.com.br

%d blogueiros gostam disto: