Arquivo

Posts Tagged ‘afinidade’

Astrologia Kármica de Reencarnação: Consciência

Recebi a seguinte pergunta: “O que Astrologia Kármica tem a ver com consciência?”

Resposta: Se você não tivesse a consciência certa ou pelo menos procurando-a e criando afinidade e ressonância com o tema, não acreditaria em Astrologia e Reencarnação.

Veja um exemplo de diferentes estados de consciência: uma escola, onde se tem alunos de varias series. Todos têm alguma coisa em comum, os estudos, mas somente estudantes da mesma serie têm uma ressonância similar pelas matérias ensinadas e estudadas. Estudantes de outras series têm outras ressonâncias. Exatamente assim funcionam os diferentes estados de consciência. Isso quer dizer que um estado de consciência é algo que somente ”está” e que pode ser mudado a qualquer momento.

Infelizmente, hoje em dia, muita gente somente se concentra em sua vida material, seu egoismo, seu inteleto, seu raciocínio e seus poderes físicos, cuidando exclusivamente seu mundo exterior e deixando para trás seu próprio interior divino.

Porem, o “jogo da vida” possibilita que em algum ponto do nosso caminho as recordações aparecem e nos lembram daquilo que a nossa alma escolheu como objetivo desta reencarnação. Dependendo da nossa evolução elevada, ou menos elevada, esta consciência pode se manifestar em algum dos muitos níveis de experiencia.

Existem muitos níveis de consciência diferentes, mas para ser entendido melhor, podemos classificar 5.

1.Nível = Sem capacidade de memoria

Vida extremamente material sem religião e crença em Deus. Eles já ouviram de falar em Deus, mas não acreditam e acham que tudo aconteceu por acaso. Eles acreditam em coincidências e o poder do próprio ego com seus vícios materiais.

Continua.

Imagem:alejandroallochi.blogspot.com

 

Astrologia Karmica: Morte ou Imortalidade?

fevereiro 23, 2012 Deixe um comentário

De que lado você está? Daqueles que acreditam em vida única e que depois da morte tudo acabou, ou daqueles que sabem que já viviam varias vezes e que vão voltar ainda muitas vezes?

A imortalidade começa exatamente com o segundo grupo, pois estas pessoas já têm a consciência necessária para seu crescimento espiritual e sua evolução em direção as dimensões mais altas. A final, tudo apenas é uma questão de enxergar a realidade verdadeira e deixar a cegueira atras de si.

Esta abertura pode acontecer em varias formas, mas ela tem algo a ver com o desenvolvimento do corpo emocional que na maioria das pessoas está completamente subdesenvolvido. Partindo do ponto de vista que apenas há uma única energia Divina que se chama amor e que somente nós, os seres humanos, vivem sempre os 2 lados opostos neste planeta, as pessoas com o corpo emocional não bem desenvolvidos, vivem na regra mais o lado negro das coisas.

O oposto do amor não é o ódio, como se acha normalmente, mas o medo, que cria o ódio, a raiva, a violência, a ganância, a falta de ética e todas as outras qualidades que nós chamamos maus. Porém, se tudo é de Deus, então as coisas maus também são Dele. O caminho ideal é o caminho do meio, como entre frio e quente há a temperatura morna.

O que uma pessoa vai viver durante uma vida, frio, quente ou morno, depende do seu karma de outras vidas e correspondentemente da sua qualidade de vibração e radiação, da sua freqüência, da capacidade da sua ressonância. Isso vale para todas as áreas visíveis e invisíveis da vida, especialmente quando uma pessoa aumentou sua faixa de percepção, como a abertura do sexto sentido, também chamado o terceiro olho ou a terceira visão.

Quem não a tem, não pode imaginar o que é, mas para a pessoa que a ganhou, parece um milagre de enxergar de repente algo absolutamente real que antes não existia.

O nosso ambiente, na verdade, é o espelho, em que ele enxerga e experimenta apenas a si mesmo. Ele nunca pode enxergar algo diferente, porque ele apenas consegue filtrar aquilo com que sente uma afinidade. Que não se conscientiza deste fato, provavelmente vai cometer muitos erros do tipo acima descrito do lado oposto do amor.

Na verdade, estas pessoas sempre lutam contra si mesmo sem perceber que esta é a fonte de todo o sofrimento. Mas assim, como vale para os lados negros da vida, também vale para tudo que é positivo.

Esta luta, porém, já se tornou tão comum que as pessoas não apenas lutam contra algo, mas também em favor de algo, paz, justiça, saúde, humanidade e outras coisas, sem perceber que ainda se trata de luta. Seria melhor de estabelecer a paz dentro de si mesmo, em vez de continuar lutando, pois a ressonância e afinidade são muito mais eficiente. Quem muda sua afinidade, muda sua freqüência e consequentemente recebe um outro programa de um outro ambiente mais pacifico.

Cada um deveria se perguntar: Porque acontece aquilo comigo e agora? Quem não faz estas perguntas, também não recebe as respostas certas.

Quem não, pelo menos, considera a reencarnação possível, nunca sairá da sua vida e morte única! Somente tentando evoluir e crescer espiritualmente pode ganhar a vida eterna e sua imortalidade infinita.

Entre nós, eu acho a reencarnação fantástica e confortante, especialmente para gente que já conhece algumas das suas vidas passadas, e pode comparar situações difíceis vividas no passadas que se repetiram em outras vidas e foram resolvidas de outra e melhor forma.

Nenhum juiz pode ser mais justo e também mais cruel conosco mesmo do que nosso juiz interior, nossa consciência, porque ela requer reviver situações já vividas e não bem resolvidas para sair na próxima vez melhor. Pode confiar que sei do que estou falando.

Imagina você mesmo se reencontrando na vida futura!

Imagem: rudyrafael.wordpress.com,

Astrologia Kármica de Reencarnação: Consciência

Recebi a seguinte pergunta: “O que Astrologia Kármica tem a ver com consciência?”

Resposta: Caro leitor, tudo, porque se você não tivesse a consciência certa, criando afinidade e ressonância com o tema, não acreditaria em Astrologia e Reencarnação.

Veja um exemplo de diferentes estados de consciência: uma escola, onde se tem alunos de varias series. Todos tem alguma coisa em comum, os estudos, mas somente estudantes da mesma serie tem a mesma ressonância familiar. Exatamente assim funcionam os diferentes estados de consciência. Isso quer dizer que um estado de consciência é algo que somente ”está” e que pode ser mudado a qualquer momento.

Infelizmente, hoje em dia, muita gente somente se concentra em sua vida material, seu egoismo, seu inteleto, seu raciocínio e seus poderes físicos, cuidando exclusivamente seu mundo exterior e deixando para trás seu próprio interior divino.

Porem, o “jogo da vida” possibilita que em algum ponto do nosso caminho as recordações aparecem e nos lembram daquilo que a nossa alma escolheu como objetivo desta reencarnação. Dependendo da nossa evolução antiga ou atual, esta consciência pode se manifestar em algum dos muitos níveis de experiencia.

Existem muitos níveis de consciência diferentes, mas para ser entendido melhor, podemos classificar 5.

1.Nível = Sem capacidade de memoria

Vida extremamente material sem religião e crença em Deus. Eles já ouviram de falar em Deus, mas não acreditam e acham que tudo aconteceu por acaso. Eles acreditam em coincidências e o poder do próprio ego com seus vícios materiais.

Continua.

Imagem: alejandroallochi.blogspot.com

Seu Mapa Astral Kármico

maio 21, 2011 1 comentário

O mapa astral é sempre algo inédito, pois nunca mais necessita repetir. Assim se torna muito importante para você: o plano de vida com todas as tarefas e acontecimentos para esta reencarnação. Tudo que você vai ler, é você, seu destino e principalmente as saudades mais profundas da sua alma, pois ela, como centelha de um único Criador, quer se aperfeiçoar para evoluir vida atras vida para finalmente voltar para a casa do nosso Pai.

Muitas tarefas e pedras no caminho podem atrapalhar, mas tem que ser superadas, afinal você mesmo desejou assim antes de se reencarnar de novo. Todos os fatos e acontecimentos importantes em sua vida devem estar no mapa astral e isso inclui também algumas pessoas do seu ambiente com quem você já teve contato em outras vidas.

O mapa astral de nascimento, as vezes, não indica quando e se realmente um evento previsto vai acontecer, porque sua alma, seu Eu Superior, está em permanente evolução e já pode ter superado algo que era tarefa inicial.

Saber é Poder! Você deve conhecer essas palavras. Não se deixe limitar por uma realidade aparente que é dominada pelo impossível, vai em frente e prove que tem condições de desvendar seu ser espiritual.

E mais uma coisa: não se irrite, se você não entende tudo na primeira vez. Tenha paciência com você mesmo, se você ainda não tem a afinidade com as palavras do texto. Algo que você não entenda hoje, amanha vai se abrir para você.

Falando das “influencias”, precisa saber um ponto muito importante: Planetas não têm influencias no sentido comum, mas sempre expressam princípios primordiais, princípios arquétipos. Cada planeta representa neste sentido um desses princípios que pode ser simbolicamente ativado com aspectos harmônicos e desarmônicos em conjunto com os demais.

Signos, planetas e casas do mesmo conjunto representam sempre o mesmo princípio, porem num outro grau dentro do mesmo tema de uma analogia vertical. Um exemplo deve eliminar qualquer duvida: Signos significam idéias (de um arquiteto) ainda não manifestadas, planetas são os planos e energias para sua realização, e as casas são os campos, onde e como tudo se materializa.

Para ser bem claro: astrologia nunca será o ensinamento dos astros, mas dos princípios arquétipos! Porem, nos astros podemos reconhecer e praticar estes princípios. Se uma situação prevista realmente acontecerá, depende de vários fatores, principalmente do seu estado de espírito atual e do crescimento da alma desde o nascimento.

Enquanto o mapa astral de nascimento indica o karma deste exato momento com todas suas tarefas e o programa de aprendizagem para uma vida inteira, a previsão anual indica aqueles momentos em que certos princípios devem se realizar. Mas o Universo reconhece cada mudança, cada passo em direção a evolução do espírito e da alma, considerando assim, se especialmente aspectos desarmônicos ainda estão necessários ou não para a evolução da alma. Com outras palavras, quando uma alma já absolveu de livre e espontânea vontade algo que era necessário de aprender, o principio não será mais importante de agir ou somente de uma maneira mais suave.

Podemos assim comparar a astrologia com um instrumento de medição da realidade, que mede, mas não produz o evento. Como um termômetro, que mede a temperatura, mas não produz a febre. Astrologia mede a qualidade do tempo de qualquer momento e não a quantidade.

Falando de tempo, é normal de pensar em uma medida quantitativa, mas seu pólo oposto é a qualidade do tempo que tem muito mais peso na astrologia.

Para saber algo de uma certa pessoa em sua vida, pode fazer sinastria que fornece todos os dados do relacionamento: amor e casamento, atração e compatibilidade, equilíbrio de temperamento e tipo, harmonia mental e emocional, duração de um relacionamento; e a posição de Saturno com o karma de um com o outro.

Alem disso, a astrologia medica pode fornecer dados sobre predisposições de doenças. Isso necessita uma explicação: como aspectos tensos e desarmônicos são provas e tarefas para esta vida, sua desobediência requer alguma compensação kármica para que você termina o programa de aprendizagem, ou seja voluntariamente ou então forçado.

Imagem: miraflores.olx.pt, magianegra.com.pt, portocity.olx.pt,

%d blogueiros gostam disto: