Arquivo

Posts Tagged ‘Alemanha’

Por que o voo 370 da Malásia com suas 239 pessoas tinha que sumir?

2014-05-01 Avião MalasiaProvavelmente, apenas poucas pessoas com imaginação vão ter a capacidade e boa vontade de entender a resposta simples desta questão, se eles estão dispostos a eliminar alguns paradigmas e “fatos” que muitos ainda não reconheceram como manipulações e acham que são verdade e realidade. Tudo é um jogo sujo de poder com o apoio da midia politicamente correta, aqui e no mundo inteiro.

Primeiro, posso dizer que todas as 239 pessoas deste voo estão bem e em segurança. O futuro próximo vai provar esta afirmação, porem, quando exatamente elas voltam ainda depende de muitos fatores.

A resposta é muito simples e tem a ver com a perigosa provocação dos EUA contra Rússia e indiretamente China. O osso da briga dos cachorros grandes atualmente se chama Ucrânia. Tudo pode ser explicado com poucas palavras.

Barack Obama, o grande “ganhador do Premio Nobel de Paz”, na verdade é o grande mestre do jogo sujo pelo poder neste planeta. Ele não inventou, mas domina perfeitamente certas regras de agir sob “bandeira falsa”, quer dizer que ele provoca revoltas e guerras e culpa seus oponentes. Os motivos são dinheiro, armas, óleo, influencia e simplesmente o poder.

Desta e anexação de Texas, Nova México, Partes de Califórnia e outros estados no continente norte americano a partir de 1845, os USA sempre aumentaram seu poder e sua influencia no mundo inteiro, passando pelas duas guerras mundiais. Mas não parou por aqui, pois continuaram com as guerras de Correa, Vietnam, Camboja e ultimamente contra Afeganistão, Iraque e todas estas áreas do Oriente Próximo e Medio e Norte da África. Só para lembrar, nenhuma guerra foi de defender o próprio país contra invasores. Os EUA sempre são os invasores, se desculpando com o argumento de defender a liberdade democrática dos povos e o Ocidente democrático. Os verdadeiros motivos são outros.

Nos último anos, o mundo testemunhou este jogo de Bandeira falsa, que sempre se repete da mesma maneira, nos países da África do Norte. Obama manda secretamente a CIA para provocar insatisfação e em seguida agitadores e mercenários armados para produzir lutas armadas e finalmente intervir de alguma maneira para tomar conta do país ou eliminar opositores incómodos. Especialmente Líbia e Egito foram vitimas destas métodos de luta.

Felizmente não funcionou com a Síria, pois os Russos, Chineses e Irã se opuseram fortemente. Falta lembrar, que os USA e o OTAN de um lado e a UDSSR e o bloco comunista do outro fizeram um trato no fim dos anos 80 e inicio dos anos 90 para terminar a guerra fria e a separação da Alemanha Ocidental e Oriental. Apenas tinha dois pontos principais:

1. Desarmamento nuclear e 2. Respeito mútuas as antigas áreas de influencia.

Os Russos, deixando o comunismo para trás, mantiveram sua palavra – os USA e o OTAN não, pois até hoje já integraram 8 países da antiga esfera russa. O 9. seria a Ucrânia. Ninguém pode culpar os russos de dar um sinal que diz: Até aqui e nenhum passo a mais! Para entender melhor: Os EUA formam uma cerca em volta da Rússia, ameaçando este pais com armas poderosas de ataque aérea.

Quando Obama ia correr o risco de uma nova guerra mundial, pelo menos lutada principalmente nas costas da União Europeia, algo “misterioso” aconteceu – como já em varias outras ocasiões, quando alguém apertou o “botão vermelho de armas nucleares” e elas não funcionaram – ele recebeu um seríssimo aviso de um poder muito mais forte do que qualquer outra força na terra.

Mas, truculento como Obama é, ele escolheu novamente uma ação sob bandeira falsa: explodir um avião de Malásia com chineses ao bordo, voando para Pequim. Naturalmente, o culpado seria Putin, o presidente russo, feio e maldoso, que agora também teria comprado uma briga feia com os chineses. E toda opinião publica do mundo seria contra ele.

Felizmente, esta Força Superior aos EUA e Obama e seus chefes e mandantes da Elite Mundial, consegui salvar o avião e seus 239 passageiros e tripulantes, que agora, quase 2 meses do seu sumiço, se encontra num lugar secreto e em total segurança.

Naturalmente, a briga pela Ucrânia vai continuar, mas num nível menos perigoso. Interessante também é que Obama se mantem nas ultimas semanas bem mais quieto, dizendo que é um problema dos europeios (!).

Eu estou ciente que muitos pensam agora que tudo é fantasia, mas o futuro vai trazer a verdade. O bom desta história é que também os Poderosos da Terra não podem sempre fazer tudo o que eles querem, por exemplo iniciar uma nova Guerra Mundial e destruir este fantástico planeta. Além de Deus há outros Guardiões atentos.

A Verdade Sufocada da Senhora Jornalista Miriam Leitão…

2014-04-04aÀ quem gosta de ampliar conhecimentos, principalmente sobre a história do Brasil

O GENERAL DE DIVISÃO REFORMADO DO EXÉRCITO FRANCISCO BATISTA TORRES DE MELO RESPONDEU À MIRIAM LEITÃO E NOS DEU UMA FORMIDÁVEL AULA DE HISTÓRIA DO BRASIL NO SECULO XX E XXI.

Á Senhora Jornalista Miriam Leitão:

2014-04-04bLi o seu artigo “ENQUANTO ISSO”, com todo cuidado possível. Senti, em suas linhas, que a senhora procura mostrar que os MILITARES BRASILEIROS de HOJE, são bem diferentes dos MILITARES BRASILEIROS de ONTEM.

Penso que esse é o ponto central de sua tese. Para criar credibilidade nas suas afirmativas, a senhora escreveu:

“Houve um tempo em que a interpretação dos militares brasileiros sobre LEI E ORDEM era rasgar as leis e ferir a ordem. Hoje em dia, eles demonstram com convicção terem aprendido o que não podem fazer”.

Permita-me discordar dessa afirmativa de vez que vejo nela uma injustiça, pois fiz parte dos MILITARES DE ONTEM e nunca vi os meus camaradas militares rasgarem leis e ferir a ordem. Nem ontem nem hoje. Vou demonstrar a minha tese.

No Império, as LEIS E A ORDEM foram rasgadas no Pará, Ceará, Minas, Rio, São Paulo e Rio Grande do Sul pelas paixões políticas da época. AS LEIS E A ORDEM foram restabelecidas pelo Grande Pacificador do Império, um Militar de Ontem, o Duque de Caxias, que com sua ação manteve a Unidade Nacional. Não rasgamos as leis nem ferimos a ordem. Pelo contrário.

Vem a queda do Império e a República. Pelo que sei, e a História registra, foram políticos que acabaram envolvendo os velhos Marechais Deodoro e Floriano nas lides políticas. A política dos governadores criando as oligarquias regionais, não foi obra dos Militares de Ontem, quando as leis e a ordem foram rasgadas e feridas pelos donos do Poder, razão maior das revoltas dos tenentes da década de 20, que sonhavam com um Brasil mais democrático e justo.

Os Militares de Ontem ficaram ao lado da lei e da Ordem. Lembro à nobre jornalista que foram os civis políticos que fizeram a revolução de 30, apoiados, contudo, pelos tenentes revolucionários, menos Prestes, que abraçou o comunismo russo.

Veio a época getuliana, que, aos poucos, foi afastando os tenentes das decisões políticas. A revolução Paulista não foi feita pelos Militares de Ontem e sim pelos políticos paulistas que não aceitavam a ditadura de Vargas.

Não foram os Militares de Ontem que fizeram a revolução de 35 (senão alguns, levados por civis a se converterem para a ideologia vermelha, mas logo combatidos e derrotados pelos verdadeiros Militares de Ontem); nem fizeram a revolta de 38; nem deram o golpe de 37.

Penso que a senhora, dentro de seu espírito de justiça, há de concordar comigo que foram as velhas raposas GETÚLIO – CHICO CAMPOS – OSWALDO ARANHA e os chefetes que estavam nos governos dos Estados, que aceitaram o golpe de 37. Não coloque a culpa nos Militares de Ontem.

Veio a segunda guerra mundial. O Nazismo e o Fascismo tentam dominar o mundo. Assistimos ao primeiro choque da hipocrisia da esquerda. A senhora deve ter lido – pois àquela época não seria nascida -, sobre o acordo da Alemanha e a URSS para dividirem a pobre Polônia e os sindicatos comunistas do mundo ocidental fazendo greves contra os seus próprios países a favor da Alemanha por imposição da URSS e a mudança de posição quando a “Santa URSS” foi invadida por Hitler.

O Brasil ficou em cima de muro até que nossos navios (35) foram afundados. Era a guerra, a FEB e seu término. Getúlio – o ditador – caiu e vieram as eleições. As Forças Armadas foram chamadas a intervir para evitar o pior. Foram os políticos que pressionaram os Militares de Ontem para manter a ordem.

Não rasgamos as leis nem ferimos a ordem. Chamou-se o Presidente do Supremo Tribunal Federal para, como Presidente, governar a transição. Não se impôs MILITAR algum.

O mundo dividiu-se em dois. O lado democrático, chamado pelos comunistas de imperialistas, e o lado comunista com as suas ditaduras cruéis e seus celebres julgamentos “democráticos”. Prefiro o primeiro e tenho certeza de que a senhora, também. No lado ocidental não se tinham os GULAGs.

O período Dutra (ESCOLHIDO PELOS CIVIS E ELEITO PELO VOTO DIRETO DO POVO) teve seus erros – NUNCA CONTRA A LEI E A ORDEM – e virtudes como toda obra humana.

A colocação do Partido Comunista na ilegalidade foi uma obra do Congresso Nacional por inabilidade do próprio Carlos Prestes, que declarou ficar ao lado da URSS e não do Brasil em caso de guerra entre os dois países. Dutra vivia com o “livrinho” (a Constituição) na mão, pois os políticos, nas suas ambições, queriam intervenções em alguns Estados, inclusive em São Paulo. A senhora deve ter lido isso, pois há vasta literatura sobre a História daqueles idos.

Novo período de Getúlio Vargas. Ele já não tinha mais o vigor dos anos trinta. Quem leu CHATÔ, SAMUEL WEINER (a senhora leu?) sente que os falsos amigos de Getúlio o levaram à desgraça, eles eram políticos. Os Militares de Ontem não se envolveram no caso, senão para investigar os crimes que vinham sendo cometidos sem apuração pela Polícia; nem rasgaram leis nem feriram a ordem.

Eram os políticos que degladiavam-se e procuravam nos colocar como fiéis da balança. O seu suicídio foi uma tragédia nacional, mas não foram os Militares de Ontem os responsáveis pela grande desgraça, sabe bem disso!

A senhora permita-me ir resumindo para não ficar longo. Veio Juscelino e as Forças Armadas garantiram a posse, mesmo com pequenas divergências. Mais uma vez eram os políticos que queriam rasgar as leis e ferir a ordem e não os Militares de Ontem.

Nessa época, há o segundo grande choque da esquerda. No XX Congresso do Partido Comunista da URSS (1956) Kruchov coloca a nu a desgraça do stalinismo na URSS. Os intelectuais esquerdistas ficam sem rumo.

Juscelino chega ao fim e seu candidato perde para o senhor Jânio Quadros, a Esperança da vassoura, Desastre total. Não foram os Militares de Ontem que rasgaram a lei e feriram a ordem. Quem declarou vago o cargo de Presidente foi o Congresso Nacional. A Nação ficou ao Deus dará. Ameaça de guerra civil e os políticos tocando fogo no País e as Forças Armadas divididas pelas paixões políticas, disseminadas pelas “vivandeiras dos quartéis” como muito bem alcunhou Castello Branco.

Parlamentarismo, volta ao presidencialismo, aumento das paixões políticas, Prestes indo até Moscou afirmando que já estavam no governo, faltando-lhes apenas o Poder. Os militares calados e o chefe do Estado Maior do Exército (Castello) recomendando que a cadeia de comando deveria ser mantida de qualquer maneira. A indisciplina chegando e incentivada dentro dos Quartéis, não pelos Militares de Ontem e sim pelos políticos de esquerda; e as vivandeiras tentando colocar o Exército na luta política.

Revoltas de Polícias Militares, revolta de sargentos em Brasília, indisciplina na Marinha, comícios da Central e do Automóvel Clube representavam a desordem e o caos contra a LEI e a ORDEM. Lacerda, Ademar de Barros, Magalhães Pinto e outros governadores e políticos (todos civis)incentivavam o povo à revolta. As marchas com Deus, pela Família e pela Liberdade (promovidas por mulheres) representavam a angústia do País. Todo esse clima não foi produzido pelos MILITARES DE ONTEM. Eles, contudo, sempre à escuta dos apelos do povo, pois ELES são o povo em armas, para garantir as Leis e a Ordem.

Minas desce. Liderança primeira de civil; a era Magalhães Pinto. Era a contra-revolução que se impunha para evitar que o Brasil soçobrasse ao comunismo. O governador Miguel Arraes declarava em Recife, nas vésperas de 31 de março: haverá golpe, só não sabemos se deles ou nosso.
Não vamos ser hipócritas, a senhora, inteligente como é, deve ter lido muitos livros que reportam a luta política daquela época (exemplos: A Revolução Impossível de Luis Mir – Combates nas Trevas de Jacob Gorender – Camaradas de William Waack – etc) sabe que a esquerda desejava implantar uma ditadura de esquerda. Quem afirma é Jacob Gorender. Diz ele no seu livro: “a luta armada começou a ser tentada pela esquerda em 1965 e desfechada em definitiva a partir de 1968”.

Não há, em nenhuma parte do mundo, luta armada em que se vão plantar rosas e é por essa razão que GORENDER afirma: “se quiser compreendê-la na perspectiva da sua história, A ESQUERDA deve assumir a violência que praticou”. Violência gera violência e os políticos sempre jogam a responsabilidade em manter a ordem aos militares. Afinal eles levaram a desordem.

Castello, Costa e Silva, Médici, Geisel e João Figueiredo com seus erros e virtudes desenvolveram o País.

Não vamos perder tempo com isso. A senhora é uma economista e sabe bem disso.

Veio a ANISTIA e João Figueiredo dando murro na mesa e clamando que era para todos, pois Ulisses Guimarães não desejando que Brizolla, Arraes e outros pudessem tomar parte no novo processo eleitoral, para não lhe disputarem as chances de Poder. João bateu o pé e todos tiveram direito, pois “lugar de Brasileiro é no Brasil”, como dizia.

Não esquecer o terceiro choque sofrido pela a esquerda: Queda do Muro de Berlim, que até hoje a nossa esquerda não sabe desse fato histórico.

DIRETAS JÁ! Sarney, Collor com seu desastre, Itamar, FHC, LULA e chegamos aos dias atuais.

Os Militares de Hoje, silentes, que não são responsáveis pelas desgraças que vivemos agora, mas sempre aguardando a voz do Povo.

Não houve no passado, nem há, nos dias de hoje, nenhum militar metido em roubo, compra de voto, CPI, dólar em cueca, mensalões ou mensalinhos. Não há nenhum Delúbio, Zé Dirceu, José Genoíno, e que tais. A corrupção e a desordem estão ficando acima da lei e da ordem!

O que já se ouve, passamos a escutar, é o povo dizendo: SÓ OS MILITARES PODERÃO SALVAR A NAÇÃO.

Pois àquela época da “ditadura” era que se era feliz e não se sabia… Certo, houve excessos contra os civis. Então me diga: Como controlar o que o país vivia naquela época? Com vários grupos, uns querendo o comunismo, outro o socialismo, outro o presidencialismo e a maioria a democracia. Será que se chegaria a um consenso na conversa? Existiria controle social para tal?

Mas os Militares de Hoje, como os de Ontem, não querem ditadura, pois são formados democratas. E irão garantir a Lei e a Ordem, sempre que preciso.

Os militares não irão às ruas sem o povo ao seu lado. OS MILITARES DE HOJE SÃO OS MESMOS QUE OS MILITARES DE ONTEM. A nossa desgraça é que políticos de hoje (olhe os PICARETAS do Lula!) – as exceções justificando a regra – são ainda piores do que os de ontem. Estamos sem ética e sem moral, estão esquecendo os bons princípios e mais, os políticos são despudorados.

O Brasil vem sofrendo, não por conta dos MILITARES, mas de ALGUNS POLÍTICOS – uma corja de canalhas, que rasgam as leis e criam as desordens, desrespeitam a todos e só pensam na sobrevivência política, independente do preço a ser pago pelo povo!

Como sei que a senhora é uma democrata, espero que publique esta carta no local onde a senhora escreve os seus artigos, que os leio atenta e religiosamente, como se fossem uma Bíblia. Perfeitos no campo econômico, mas não muitos católicos ou evangélicos no campo político por uma razão muito simples: quando parece que a senhora tem o vírus de uma reacionária de esquerda.

Atenciosa e respeitosamente,

FRANCISCO BATISTA TORRES DE MELO

GENERAL DE DIVISÃO REFORMADO DO EXÉRCITO

Imagem: tecnologia.culturamix.com, wphotography.altervista.org

Sabe quantos Governos Socialistas…

novembro 23, 2013 Deixe um comentário

…restam ainda em toda a União Europeia?
2013-11-23-1
Apenas 3:

1. Grécia 2. Portugal 3. Espanha.

Os três estão endividados até o pescoço!

Eis as razões, segundo definições clássicas de

MARGARETH THATCHER:

“O socialismo dura até acabar o dinheiro dos outros”.

“É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade”.

“Para cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber”.
2013-11-23-2
“O governo não pode dar para alguém aquilo que tira de outro alguém”.

“Quando metade da população entende a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao começo do fim de uma nação”.

Se você trabalha, você deve trabalhar mais duro ainda, pois milhões de pessoas dependem do seu trabalho.
São as pessoas que vivem do Fome -Zero, do Bolsa-Invasão, do Bolsa-Desemprego, do Bolsa-Escola, do Bolsa-Família, do Bolsa-Cota, do Auxílio-Reclusão, ou que recebem, sem trabalhar, o Vale-Leite, o Vale-Gás, o Vale-Tudo etc.

Está na hora de decidir a que metade você quer pertencer, aquela que vota no Lulla ou a presidANTA do PT e outros bajuladores para continuar ser “carrapato”, recebendo migalhas, ou a outra que trabalha honestamente para seu sustento e progresso econômico e financeiro. Com outras palavras: quer que o Brasil e seu povo fica na miséria ou deseja que nosso país se torna uma nação forte e justa?

Uma pequena comparação: Alemanha, do tamanho do Estado de São Paulo, é muito mais rica em termos económicos do que este gigante de tamanho continental chamado Brasil.

Imagem: veja.abril.com.br,

Astrologia de 2012, o Calendário…

janeiro 27, 2012 Deixe um comentário

…dos Maias e as Profecias dos Hopi

No mundo inteiro há crises, crises financeiras, crises de governos, catástrofes de todos os tipos, terremotos, erupções de vulcões, tsunamis, muito calor ou muito frio, secas em um canto e inundações no outro. Parece que tudo está de cabeça para baixo como as profecias previam.

As longas greves em muitos países provam que os povos não estão mais contentes com seus governos e começam a acordar e se revoltar. Também foi previsto.

Mas está acontecendo algo que pode se tornar a Terceira Guerra Mundial ou ate o Fim do Mundo e quase ninguém percebe:

Começou no Iraque, Afeganistão e Paquistão e continuou recentemente na Tunísia, depois no Egito e em seguida na Líbia, atualmente atingiu Síria e ameaça o Iran. Estou falando de guerras reais e revoltas aparentemente populares e se realmente fosse assim, seria um desenvolvimento normal e também previsto, mas tudo isso foi preparado pela Superpotência EUA.

Razão: como sempre o óleo! Quem ainda não sabe, os países árabes são donos de mais de 90% do óleo deste mundo, razão pela qual os grandes e poderosos querem tomar conta. Primeiro, todos são amigos, depois vão ser assaltados e eliminados. Exemplo Saddam Hussein, aquele com as armas de “destruição de massas”, que nunca foram encontradas.

Bem antes era o Sha do Irã. Hoje, são os aiatolás na lista de atacar e eliminar. As razoes publicadas sempre são mentirosas. Logo Nigeria vai entrar na lista, pois tambem tem óleo. E Brasil?

Todos os poderosos ditadores absolutos, governando por varias décadas estes países, que tradicionalmente eram os maiores amigos dos EUA, foram e estão sendo cruelmente eliminados por comandos, pela CIA e ate por inimigos dos EUA, contratados para estes fins sujos. Tudo faz parte de um plano de longa data para dominar o mundo e seus recursos naturais.

Evidentemente, a imprensa mainstream, também a serviço dos EUA, de maneira nenhuma relataram a verdade dos acontecimentos. Todos se referem exclusivamente a misteriosas agencias de noticias locais, mas nunca reconhecidos, que fornecem informações completamente mentirosas, sempre defendendo as revoltas para que alguém (EUA, OTAN, vários países da Europa) podem ajudar o pobre povo de destruir com todos os meios os maus. E mais um país atras do outro cai nas mãos dos “Salvadores”.

O caso mais trágico foi o assassinato de Gaddafi, aparentemente por “rebeldes líbios”, mas na verdade foram Comandos Especiais da OTAN que o caçaram e cercaram, deixando o trabalho suja para alguns árabes pagos.

 Quem foi este brutal Ditador realmente? Ninguém da imprensa internacional publicou que este mesmo Coronel Gaddafi da Líbia e da Jamahiriya (“Estado de massas”), por decisão do Conselho de Direitos Humanos da Assembléia Geral da ONU, ia receber em março do ano passado o Premio dos Direitos Humanos!

Esta decisão foi apoiado pelos seguintes países: Dinamarca, China, Itália, Países Baixos, Mauritânia, Eslovênia, Nicarágua, Rússia, Espanha, Indonésia, Suécia, Noruega, Equador, Hungria, África do Sul, Filipinas, Maldivas, Chile, Cingapura, Alemanha, Áustria, Cazaquistão, Letônia, Angola, Nigéria, Congo, Burundi, Zâmbia, Ruanda, Burkina Faso, Senegal, Costa do Marfim, Djibouti, Zimbabwe.

Mas, as vezes funciona a justiça: A escolha em janeiro deste ano foi, para o desespero da Amnesty International, exatamente o coronel Muammar Gaddafi. Michael Jackson foi classificado número dois, em frente do ativista dos direitos civis Nabeel Rajab do Bahrain.

Sabe porque Gaddafi se tornou de repente inimigo dos EUA?

Porque, como também os outros ditadores eliminados, eles não apoiarem mais as intenções hostis contra o Iran.

Gaddafi, em face da desvalorização do dólar, queria ainda vender seu óleo somente contra ouro. Com isso, ele assinou sua sentença de morte.

E o que acontece aqui no Brasil diante dos escândalos diários?

Infelizmente, o povo foi tão drogado com tantas mentiras e promessas que ficou tonto e paralisado. Um dia, quando ele realmente acorda, Deus nos ajuda.

Um bom momento poderia ser o próximo dia de eleições ainda dentro do jogo mais ou menos democrático, mesmo que já há certas restrições a respeito da liberdade da imprensa. Muitos jornalistas não podem mais publicar francamente suas opiniões, um sinal de alerta muito serio.

Se você concorda e acredita ainda neles, está bem e se cale, mas se não, pode fazer algo na próxima eleição.

Por isso fica cada dia mais obvio: Revoltar-se contra os governantes será mais do que necessário, será um ato de sobrevivência!

Mas justiça será feita: Cada povo tem o governo que merece!

Imagens: bela-garotasemrumo-bela.blogspot.com, jpsdbmt.wordpress.com

Categorias:Astrología e Horóscopo, consciência, Grandes Mudanças, POLÍTICA Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Previsão Astrológica para 2012

Você acredita que sobre o ano de 2012 já foram escritos tantos livros que você poderia abrir uma loja própria para eles?

Muitos deles falam que
a) a terra sobe para a 5 ª dimensão ou
b) vai ser o Juízo final (como no filme de mesmo nome)
Estes são os cenários mais populares e certamente existem outros.

Mas nada destes cenários vão acontecer. Na agenda é algo completamente diferente:

– Crise financeira mundial
– Micro-chip
– Privação de direitos
– Empobrecimento
– Desastres naturais e ambientais
– Escravidão

A astrologia confirma os sinais se tempestade e prevê um completo colapso do sistema econômico e financeiro. O mundo que conhecemos já não vai existir mais. Vamos nos encontrar em 2012 em um mundo que parece ser um pesadelo.

Haverá conversão de moedas e reformas monetárias em vários países. A maioria das pessoas perderá muito dinheiro. E consequentemente haverá falências e contaminação de doenças, bem como o fim da individualidade

 De 2012 – 2019 haverá uma mudança epocal.

O inicio da mudança já começou em dezembro de 2011 com uma crise mundial econômica e financeira sem precedentes.

Estamos enfrentando uma constelação que nunca antes existia. Assim será um ano único. Em termos reais, ou seja, também no exterior, nosso mundo mudará visível para todos tão drasticamente, como não imaginamos possível. Todos serão afetados. Ninguém pode escapar.

Especialmente Europa vai ser atingido e, entre os outros países, Alemanha vai sofrer muito mais e pode desaparecer. Pelo menos não vai ser mais como nos últimos 60 anos. Provavelmente vai perder seus direitos, sendo marginalizada e empobrecida em conseqüência de vários fatores:

– A desintegração da zona do Euro
– O
Eurocrash
– A guerra comercial e de moeda entre EUA, China e Europa
– O crash do dólar
– Guerras por recursos como água e óleo

Em parte começa na Europa uma paralisação total no comércio. Isto significa que haverá escassez de suprimentos. Ao mesmo tempo, já no começo do ano, devido às condições meteorológicas ou outros desastres naturais e ambientais, não vai ser possível abastecer todas as áreas por algum tempo com alimentos.

Conseqüências:

– Moedas quebram logo no início do ano
– O NYSE sofrerá perdas extremas.
– Mercados mundiais de ações serão fechadas durante alguns dias
Isso também deve acontecer já no primeiro semestre de 2012.

A constelação entre Venus e Jupiter indica algo com muito dinheiro, mas não diz o que deve acontecer com este dinheiro. Os aspectos entre Lua-Netuno-Saturno vai responder:

Muito dinheiro vai ser desvalorizada e destruída! E também o Brasil vai sentir os reflexos profundamente! (Mesmo que nossos políticos sempre acham que somos inatingível!)

O colapso mundial completo do atual sistema econômico e financeiro é inevitável. Os bancos vão entrar em colapso. Pessoas entram em pânico e querem salvar seu dinheiro, mas não podem retirar mais nada. Aqueles que não têm dinheiro em casa, não podem comprar mais nada. Ninguém mais vai aceitar pagamentos com cartões. Lojas vão fechar ate que seja claro qual moeda é válida e, especialmente, quanto a vale.

O caos sera completo e a crise do sistema sera o colapso total. Esta condição vai durar muitos meses.

Assim como o mundo funciona hoje, nunca mais será novamente. Os sistemas políticos, econômicos e financeiros, incluindo os sistemas educacionais e administrativos entram também em colapso. A partir de março de 2012 o mundo estará totalmente fora do seu rumo normal.

Sem dinheiro não haverá combustível e transportes, mas em compensação milhões de desempregados e suspensão de pagamentos de salários e aposentadorias. Alem de tudo, ainda vão acontecer inundações de grandes áreas, bem como outras catástrofes naturais com vulcões e terremotos.

Continua.

Imagem: generation-lt.info, taz.de,

Fonte: Christiane Durer

A Morte… e Doação de órgãos (5)

A grande duvida sempre vai ser quando uma pessoa realmente está morta, já quando foi constatada a morte cerebral ou somente quando o sangue não corre mais pelas veias?

Uma coisa é clara para me: eu nunca serei doador de órgãos e nunca autorizarei que seja uma pessoa que eu amo! Se fosse possível, proibiria qualquer doação de órgãos por motivos de crueldade e sendo assassinato! Mesmo que as vitimas não podem mais reclamar, a sociedade está sendo sistematicamente manipulada pela Igreja e a Medicina de Transplantação!

Nos últimos anos colecionei muitos casos trágicos deste assunto que fiquei convencido que envolve o 5. mandamento, como assassinato e mais, sofrimentos inimaginavelmente cruéis. Os motivos são principalmente os enormes lucros, mas que são declarados como avanços da medicina moderna, dando nova vida aos infelizes doentes.

Em 1994 foi publicado um caso terrível de “doação de órgãos” na República das Filipinas. 4 Cirurgiões do Instituto Nacional de Rins foram acusados de ter retirado rins e coração de uma vitima de transito. Conforme testemunhas, se tratava de um jovem de 18 anos, que estava vivo e sem ferimentos graves. Ele tinha o azar que um outro jovem, rico e bem sucedido, precisava estes órgãos. Mais tarde, os médicos negaram que o motivo era dinheiro, mas presentando um outro jovem com uma nova vida e que a operação era um grande sucesso.

Pergunta: Eles foram condenados? Não, ganharam tanto dinheiro que, provavelmente, subornaram os juízes.

Vivo ou morto?

Em 1996 aconteceu um caso em Frankfurt, Alemanha:

Um homem contou numa entrevista num jornal, come ele se despediu da sua mulher morrendo num hospital. Ela já estava, em coma e declarada morte cerebral. Quando ele queria sair do quarto, inesperadamente os aparelhos de medição indicaram algum sinal e o homem tinha a impressão que sua mulher queria dizer o seguinte: “Fica mais um pouco. Não vá ainda.”

O homem ficou toda a noite com sua mulher e manteve mentalmente contato com ela, ate sentiu finalmente que podia se despedir da alma da sua mulher.

Mais tarde o cirurgião contou que neste caso, durante a retirada dos órgãos, a pressão de sangue não aumentou, como acontece normalmente. Porque? Será que isso, nos outros casos, são panico e dores terríveis das pessoas morrendo ou apenas reflexos da medula espinhal, como os médicos querem fazer crer?

Pensa sobre isso… ou vai insistir em doar órgãos?

Continua.

Imagem: orgaosdoe.blogspot.com, adjorisc.com.br,

Categorias:A Morte, Astrología e Horóscopo, Manipulação, medicina Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

O que mais pode acontecer ate 2012? (II)

Como já foi avisado, uma das mais criticas constelações é Saturno em oposição com Urano.

Raras vezes, estes dois planetas vão se entender, pois representam princípios arquétipos opostos, Saturno o velho, o passado, o tradicional e Urano o novo, o revolucionário, o técnico. Isso quer dizer que Saturno perdeu desde o inicio de 2009 seu poder. Ele é praticamente impotente – será? -, mas quer segurar sua posição, mesmo que ele sabe que é em vão.

Urano por sua vez, como representante da nova era, sua era, não quer compromisso e não quer se adaptar. Ele quer eliminar de qualquer jeito qualquer resistência. Agora, tudo depende do comportamento dos donos dos antigos paradigmas, se eles ainda estão fortes ou já bastante enfraquecidos. As mudanças no sistema financeiro já foram visíveis a partir de 2008 e continuaram com vários momentos críticos durante 2009 e 2010.

Sempre há questões principais como: De quanto você dependente do sistema? Qual é sua relação a respeito do dinheiro? De quanto você depende da tecnologia? Estes são os pontos vulneráveis.

Hoje, olhando para trás, sabemos que todos os acontecimentos no mundo inteiro confirmaram as previsões astrológicos bem como as profecias dos Hopi e Maias. Vamos nos poupar de relatar todas as catástrofes ocorridas, mas que foram muitos terremotos, tempestades e inundações sabemos.

O que chama atenção é o fata que a maioria destes desastres aconteceu em conseqüência da arrogância e ganancia do homem junto com a falta de respeito da natureza. Saturno sempre alertou e avisou da irresponsabilidade de Urano com suas tendencias revolucionários, confiando demais na técnica moderna que o homem não dominava ainda. Agora podemos ver a triste verdade no Japão e a real fraqueza do homem. Quantas vezes os especialistas falaram com uma arrogância sem igual sobre seu domínio da técnica nuclear – aqui em Angra dos Reis como em qualquer outro lugar no mundo, onde existem usinas nucleares – e mesmo assim já aconteceram 3 supergaus, nos EUA, na Russia e agora no Japão.

Alemanha tomou uma decisão sábia: vai sair da energia nuclear! Mas – como a lobby é fortíssimo – somente em 2022. Pena!

Claro, sempre rola muito dinheiro! E no Brasil? Dilma, ignorante que é, continua com Angra 3!!!

Imagens: gianeportal.wordpress.com,

Astrologia Kármica e a Ignorância

abril 13, 2011 1 comentário

Você está ciente do que está acontecendo?

A ignorância sempre começa semeando duvidas, mesmo diante de uma realidade indiscutívelmente diferente: Será? Será mesmo?

Imagina a seguinte situação: um médico que acompanha o estado de saúde do seu paciente já por um longo período e o alerta de algo preocupante, somente ouve as seguintes palavras de duvidas: “Será? Será mesmo?”

Imaginamos ainda que a pessoa coma demais, inclusive doces e tem uma vida sedentária. Assim, provavelmente vai sofrer mais sedo ou tarde de pressão alta, insuficiência de rins, possivelmente de diabetes, vai ter problemas de dentes, corra riscos de coração e de derrame cerebral etc, etc. Parece a conseqüência lógica.

A mesma coisa acontece, quando um astrólogo especializado em analisar a situação da Terra está falando das previsões astrológicas preocupantes do nosso planeta. Quando ele conversa com uma pessoa educada, quem sabe, recebe respostas educadas, como: “Acho pouco provável.”

Outros dizem simplesmente: “Bobagens. Você ‘e maluco.”

Agora, enfrentando a realidade das mais péssimas previsões e profecias, as opiniões alheias ainda não mudaram, nem em face das mais destruidoras catástrofes que o mundo já viu atualmente.

Qual é a razão? Eu acho que é muito simples: reprimir aquilo que causa desconforto, empurrar com a barriga, esquecer, ignorar, mas ficar atento e mudar de hábitos? NUNCA! JAMAIS! Isso eu chamo de IGNORANCIA!

Assim, as terríveis previsões se realizam e nos ficamos testemunhando… sem ação, só lamentando as muitas mortes e destruições.

Já tivemos catástrofes com usinas nucleares nos EU, na Rússia e agora no Japão. São países desenvolvidos e com cientistas inteligentes e informados. Mesmo assim, se um destes desastres inimagináveis pode acontecer nestes países do primeiro mundo, pode acontecer em qualquer lugar, especialmente aqui no nosso pais dos campeões mundiais de corrupção e ignorância, mas o que acontece diante destes riscos eminentes?

Não”, disse um diretor de Angra dos Reis com ar de superioridade, “aqui dominamos toda tecnologia e temos tudo sob controle.” E nega simplesmente que já houve problemas nas nossas usinas nucleares.

Então, todo primeiro mundo somente tem idiotas. Nenhuma reação aconteceu dos nossos tão inteligentes governantes. Pelo menos na Alemanha, a Chancelar ordenou um STOP imediatamente e provocou as maiores discussões pro e contra. Claro, a lobby está se mexendo e os poderosos querem continuar com a perigosa geração nuclear de energia, mas pelo menos os riscos são discutidos. E aqui? Nada! Que ignorância triste!

O que será, se Rio de Janeiro e São Paulo fossem contaminados e devastados?

Imagem: controlfm.net, materiaincognita.com.br,

%d blogueiros gostam disto: