Arquivo

Posts Tagged ‘amor’

Os Anjos em Nossas Vidas

2014-04-03 bAs consultas e perguntas mais emocionantes e tristes que recebo são de pais e mães de filhos que se foram sedo de mais.

Graças a Deus!, não é meu caso, mas tenho 4 filhos e 2 netos saudáveis e sei quanto os amo e por isso posso imaginar o que estes pais devem sentir com a falta do ser que eles mais do que qualquer outra coisa amavam nesta vida.

Quem não sabe que a vida sempre é eterna e que a “morte” não existe, tem muitas dificuldades de aceitar que Deus os tirou o filho amado e muitas vezes sedo de mais na juventude. Evidentemente, a pergunta neste desespero sempre é do P o r q u ê.

Foram centenas de pessoas durante muitos anos que me consultaram para ter uma resposta para exatamente este conflito, que, provavelmente, apenas a Astrologia Kármica de Reencarnação pode dar. Vida e “morte” são, como muitos pensam, uma vez a vida consciente aqui na terra e quando alguém “morre” é o fim definitivo. É um grande erro, como os ensinamentos da reencarnação e a astrologia kármica podem explicar e provar.

O fato é, que o mesmo ser é uma alma viva, aqui na terra e lá no além, em uma outra dimensão. A vida jamais termina, quando o nosso corpo morre. Ele apenas é o nosso veiculo para poder viver aqui na terra.

Enquanto este mesmo ser não está aqui, ele continua vivo com bilhões de outros seres e se prepara em outras regiões para sua volta. Quando ele “morre” lá, ele renasce aqui e quando “morre” aqui, ele renasce lá num ritmo além da nossa visão e compreensão. É muito simples. Podemos comparar isso com aquilo que fazemos todo dia e toda noite, dormir e acordar, só que uma coisa acontece mais consciente do que a outra. Os ritmos são basicamente iguais, porem a duração é diferente.

Na maioria das vezes, quando uma criança ou um adolescente “morre”, acontece o seguinte: este ser é uma pessoa muito amável, que quer ajudar os pais com sua tarefa kármica que normalmente tem a ver com amor, respectivamente com a falta de amor numa vida passada. Quando alguém, numa vida passada, não aprendeu de amar, digamos um filho, e o abandonou ou maltratou, ele criou um karma muito grave, que tem que ser compensado nesta vida com o mesmo sentimento e mesmo sofrimento, que a criança da vida passada sofreu e sentiu.

Esta é a Lei Divina, a Lei do Equilíbrio e da Causa e Efeito, e não tem nada a ver com Deus e que Ele seja culpado e responsável pela “morte” de uma criança. Acontece que só um ser muito amável, igual aos anjos, se propõe a ajudar aos pais nesta tarefa difícil e dolorosa, que trataram ele ou qualquer outra criança tão mal numa vida passada.

Existem muitas outras razões da “morte” de uma criança, mas sempre envolve o objetivo de ensinar. Em outros casos, uma doença pode ser o meio de aprender ou qualquer outra coisa, como falta de dinheiro, morar numa favela, ser um deficiente etc. Quem mata alguém, com certeza sofre igualmente uma morte violenta, nesta vida ou numa futura.

Quando alguém sofre de uma certa coisa, ele pode ter certeza que é para aprender algo que ainda não entendeu. A final, é o amor que tem que ser alcançado e que tem seu oposto chamado medo, medo em suas mais variadas formas: inveja, ciúme, raiva, violência, brutalidade, matança, fanatismo, arrogância, falta de amor, falta de piedade e muitas outras.

O mapa astral karmico mostra qualquer aprendizagem conseguida como um tipo de credito com aspectos azuis e as tarefas e lições a aprender nesta vida em vermelho.

Esteja certo, que tudo o que acontece em sua vida, tem sua razão justa e para seu bem, mesmo quando perdeu um ser muito amado.

Sinastria de Astrologia Karmica de Reencarnação (2)

A relação entre os pais e os filhos sempre necessita atenção especial. Por isso se recomenda de fazer primeiro a interpretação de todos os envolvidos para conhecer os participantes e somente depois as sinastrias.

A relação entre os pais e os filhos sempre necessita atenção especial. Por isso se recomenda de fazer primeiro a interpretação de todos os envolvidos para conhecer os participantes e somente depois as sinastrias.

A principal tarefa e responsabilidade dos pais com seus filhos é o amor, a proteção e a educação até uma idade madura. Este objetivo não é fácil, como todos pais sabem, pois inclui uma serie de obrigações e fatores desconhecidos que podem surgir de repente a qualquer momento.

O primeiro grito de um recém nascido comprove que não se trata de um objeto, mas de um individuo com suas próprias vontades e necessidades. A primeira reação dos pais é o amor incondicional. Isto é normal, pois um sábio Deus nos deu uma natureza quase única entre todos os seres, que os mamíferos, espécie a que pertencem os humanos, tem em comum, alem dos pássaros: eles sentem a necessidade de cuidar dos seus filhos.

Existe um grande erro nas opiniões de pais e filhos que acham que estes filhos em questão apareceram por acaso e não pelo destino. Quantas vezes em discussões, pai e mãe não ouviram dos filhos as palavras, que eles não são culpados por que não escolheram os pais? O contrario é a verdade. Cada criança realmente escolhe antes de reencarnar os pais e as condições em que quer ou necessita viver, pois somente estes pais garantem a melhor condição para suas tarefas de aprendizagem e sua evolução espiritual.

Mas não só de amor e alimentos vive um pequeno ser após seu nascimento. Ao primeiro grito, os pais entendem que ele precisa de muitos cuidados e uma compreensão especial. Não só o filho aprende com o passar do tempo dos seus pais, os pais também aprendem dele muitas coisas. Normalmente, não sabem que seu filho até os 4 – 5 anos de idade, até o fechamento completo da moleira no meio da cabeça, está intimamente ligado ao cosmo e tem ligações estreitas com estas forças e seres de outros mundos invisíveis. Quantas vezes o filho esta brincando e feliz, se tivesse uns amigo invisíveis em sua volta? Ou mais tarde, quando já e capaz de se comunicar, conta historias sobre estes amigos, fadas, duendes e outros seres invisíveis para os pais? Normalmente, os pais acham que o filho tem fantasia demais ou até que ele é mentiroso ou doente.

Eu recomendo a cada mãe e pai de escutar muito bem, de perguntar e participar deste mundo emocionante do seu filho, pois tudo é real para ele, porque ele ainda tem a capacidade de ver este mundo invisível, coisa que os pais já perderam quando o raciocínio cresceu. O filho, nesta idade, ainda é um vidente. Ele também se lembra da sua ultima ou das ultimas vidas passadas, e quem sabe, fala um idioma que os pais não entendem, ou conta histórias de momentos importantes do passado.

Pais, favor escutem bem que os filhos, também os pequenos, têm a dizer. Vale a pena.

Agora um exemplo da minha própria experiência: uma jovem esposa pediu sua interpretação e, muito satisfeita, encomendou também do seu marido e filho de 5 anos e em seguida as sinastrias. Este filho também sempre tinha muita “fantasia” e ninguém levou isso a sério e o escutou. As minhas analises descobriram o seguinte: durante a segunda guerra mundial o pai era um alto oficial inglês e a mãe uma enfermeira. Eles se conheceram quando o pai foi ferido. O filho, nesta época, era o oficial superior do pai e seu grande amigo e também conheceu em seguida a enfermeira, que depois casou com o pai.

De repente, o filho de hoje começou a contar das muitos armas, jeeps e tanques, que ele “já tinha quando era grande”, a sua fascinação de armas de brinquedo e que ele já conhecia os pais, ganhou uma nova dimensão. Agora, ele podia contar a vontade e os pais escutaram e aprenderam muito, especialmente sobre Inglaterra e Londres com seu filho de somente 5 anos. Interessante, não é?

Eu acho interessante que três pessoas que se conheceram, quem sabe “por acaso” numa outra época, criaram sentimentos e relações tão fortes de amor, amizade e que uns pertencem aos outros, que decidiram de se encontrar de novo numa outra reencarnação, porem desta vez como família num ambiente de paz.

Alias, a mãe tinha um salão de beleza e sonhou durante a adolescência de se formar enfermeira.

Imagem: losarcanos.com

Imagem: losarcanos.com

Sinastria de Astrologia Karmica de Reencarnação

Sabia que Sinastria Astrológica é uma maneira muito confiável de verificar a compatibilidade entre duas pessoas?

Não é sempre o físico, a aparência, a paixão ou o comportamento o mais importante que decide sobre o sucesso das relações entre duas ou mais pessoas, pois envolve muitos outros fatores sensíveis como afinidade e ressonância, simpatia, amor, amizade, atração, equilíbrio de temperamento, harmonia mental e espiritual, tipo, cheiro, instinto, aura, lembranças inconscientes e outras coisas invisíveis e não aparentes, como por exemplo, vidas passadas em conjunto.

Para comparar estas caraterísticas, a astrologia pode ajudar muito de explicar como uma relação, provavelmente, vai se desenvolver durante o tempo.

Em geral, a astrologia kármica não conhece pessoas, mas as almas, seu passado, seu karma e o “Karma do Aqui e Agora” com suas tarefas e obrigações como efeitos atuais de causas de outras vidas. Considerando estes fatos, todas as almas são iguais, mesmo que já viveram experiências diferentes. Especialmente, quando se trata de casais e pais e filhos, todos sempre são tratados com os mesmos direitos e obrigações, independentemente da idade.

Normalmente, sinastria é feita para examinar a relação amorosa entre duas pessoas, porém serve para qualquer outra relação também. Neste sentido, a sinastria é uma ferramenta muito poderosa, seja para verificar relações entre casais, pais e filhos, irmãos, parceiros comerciais e amizades.

Amor e casamento

Serão abordados os seguintes assuntos: atração, compatibilidade, equilíbrio e harmonia de temperamento e tipo, concordância mental e espiritual mediante posições e aspectos de todos os planetas, sempre sobre o foco especial da reencarnação e possíveis encontros de outras vidas.

A primeira paixão, normalmente cega a respeito dos lados negativos do parceiro ou parceira, não permite a usual objetividade, porem mais tarde cada um revela passo por passo sua essência de ser. Quando há conflitos, cada um tenta de mudar o outro sem saber que isso é impossível e brigas e problemas estão programados. Ninguém muda o outro. Somente a própria pessoa pode mudar a si mesma, quando já tem a madureza necessária e realmente quiser.

Imagem: oraculosweb.com.br

Astrologia Kármica de Reencarnação: Consciência (2)

Como foi explicado no post anterior, o nível 1 de consciência é um caso triste, pois na realidade ainda não existe nenhuma consciência!

Pessoas desta etapa de desenvolvimento espiritual somente acreditam na ciência e tudo que “obviamente” pode ser comprovado, medido, pesado, tocada etc., sem perceber que a “verdade cientifica” de hoje é a mentira de amanha! Existem muitas provas disso, como aquela mundialmente declarada “pandemia de gripe dos porcos H1N1” que servia exclusivamente para a industria farmacêutica ganhar dinheiro, muito dinheiro!

O que aconteceu algum tempo depois? A terrível pandemia desapareceu silenciosamente e ninguém fala mais nisso. Viu? Assim funciona ciência.

Nível 2 de Consciência:

Já existem sistemas de crenças religiosas organizadas, mas não são tratados com amor, tolerância e liberdade, pelo contrário, são forçadas dentro de algo que se tornou lei e ordem. Quem não obedece esta ordem, se torna pecador e culpado e pode ser castigado. Este sistema não tem nada a ver com as Leis Divinas e o Amor de Deus.

Nível 3 de Consciência:

Existe um alto grau de capacidade de recordar, quer dizer crenças direcionadas para dentro (esotérico = Reino de Deus dentro de nos ou os ensinamentos originais de Jesus).

A ilimitada e ainda não formada energia de criação se torna autoconsciente. Pelo fato de se relembrar da própria divindade, cada um se torna criador e criadora.

Continua.

Imagem:observadorconsciente.blogspot.com

Astrologia Karmica: Morte ou Imortalidade?

fevereiro 23, 2012 Deixe um comentário

De que lado você está? Daqueles que acreditam em vida única e que depois da morte tudo acabou, ou daqueles que sabem que já viviam varias vezes e que vão voltar ainda muitas vezes?

A imortalidade começa exatamente com o segundo grupo, pois estas pessoas já têm a consciência necessária para seu crescimento espiritual e sua evolução em direção as dimensões mais altas. A final, tudo apenas é uma questão de enxergar a realidade verdadeira e deixar a cegueira atras de si.

Esta abertura pode acontecer em varias formas, mas ela tem algo a ver com o desenvolvimento do corpo emocional que na maioria das pessoas está completamente subdesenvolvido. Partindo do ponto de vista que apenas há uma única energia Divina que se chama amor e que somente nós, os seres humanos, vivem sempre os 2 lados opostos neste planeta, as pessoas com o corpo emocional não bem desenvolvidos, vivem na regra mais o lado negro das coisas.

O oposto do amor não é o ódio, como se acha normalmente, mas o medo, que cria o ódio, a raiva, a violência, a ganância, a falta de ética e todas as outras qualidades que nós chamamos maus. Porém, se tudo é de Deus, então as coisas maus também são Dele. O caminho ideal é o caminho do meio, como entre frio e quente há a temperatura morna.

O que uma pessoa vai viver durante uma vida, frio, quente ou morno, depende do seu karma de outras vidas e correspondentemente da sua qualidade de vibração e radiação, da sua freqüência, da capacidade da sua ressonância. Isso vale para todas as áreas visíveis e invisíveis da vida, especialmente quando uma pessoa aumentou sua faixa de percepção, como a abertura do sexto sentido, também chamado o terceiro olho ou a terceira visão.

Quem não a tem, não pode imaginar o que é, mas para a pessoa que a ganhou, parece um milagre de enxergar de repente algo absolutamente real que antes não existia.

O nosso ambiente, na verdade, é o espelho, em que ele enxerga e experimenta apenas a si mesmo. Ele nunca pode enxergar algo diferente, porque ele apenas consegue filtrar aquilo com que sente uma afinidade. Que não se conscientiza deste fato, provavelmente vai cometer muitos erros do tipo acima descrito do lado oposto do amor.

Na verdade, estas pessoas sempre lutam contra si mesmo sem perceber que esta é a fonte de todo o sofrimento. Mas assim, como vale para os lados negros da vida, também vale para tudo que é positivo.

Esta luta, porém, já se tornou tão comum que as pessoas não apenas lutam contra algo, mas também em favor de algo, paz, justiça, saúde, humanidade e outras coisas, sem perceber que ainda se trata de luta. Seria melhor de estabelecer a paz dentro de si mesmo, em vez de continuar lutando, pois a ressonância e afinidade são muito mais eficiente. Quem muda sua afinidade, muda sua freqüência e consequentemente recebe um outro programa de um outro ambiente mais pacifico.

Cada um deveria se perguntar: Porque acontece aquilo comigo e agora? Quem não faz estas perguntas, também não recebe as respostas certas.

Quem não, pelo menos, considera a reencarnação possível, nunca sairá da sua vida e morte única! Somente tentando evoluir e crescer espiritualmente pode ganhar a vida eterna e sua imortalidade infinita.

Entre nós, eu acho a reencarnação fantástica e confortante, especialmente para gente que já conhece algumas das suas vidas passadas, e pode comparar situações difíceis vividas no passadas que se repetiram em outras vidas e foram resolvidas de outra e melhor forma.

Nenhum juiz pode ser mais justo e também mais cruel conosco mesmo do que nosso juiz interior, nossa consciência, porque ela requer reviver situações já vividas e não bem resolvidas para sair na próxima vez melhor. Pode confiar que sei do que estou falando.

Imagina você mesmo se reencontrando na vida futura!

Imagem: rudyrafael.wordpress.com,

Astrologia de 2012, o Calendário… (2)

janeiro 30, 2012 Deixe um comentário

…das Maias e as Profecias dos Hopi

O que Deus deve pensar desta confusão em nosso país e do mundo em geral?

Se Deus fosse aquele velhinho de barba branca, quem sabe, Ele ia sentar em sua mais cômoda poltrona e se divertia desta comedia trágica que nos estamos apresentando. Ou será que Ele ia chorar de tristeza? Ele que criou todos os mundos do Universo com tanta precisão e tanto amor, transbordando de beleza e ordem, provavelmente está muito frustrado com tanta injustiça, roubalheira, matança, ganância e ignorância.

Não acho que Deus é brasileiro, como alguns dizem. Dá uma olhada em algo que ele fez, alias, é tudo que existe, mas olha um pássaro bem de perto e seu vôo elegante, uma flor ou uma borboleta, qualquer coisa, tudo é lindo nos menores detalhes.

Acho também que a livre escolha, o livre arbítrio do homem, quem sabe, algo que deu errado, foi uma tentativa de criar um ser superior, algo que o homem com certeza não é, definitivamente não, pelo menos não nossos políticos e lideres corruptos. A gente devia falar com algum departamento de proteção ao consumidor Dele. Será que Ele pensou nisso?

Agora estamos em 2012 e algo muito serio vai acontecer, algo que as velhas profecias estão prevendo. Quem sabe, Deus pega sua grande vassoura e começa a limpar esta sujeira na Terra e manda todos para o inferno. Deixe eles fazer lá, onde o diabo rege, aquela bagunça e as maldades que eles tanto gostam.

Em primeiro lugar todos os provocadores de guerra dos EUA, aqueles sanguessugas que desde a criação do país Estados Unidos de America estão em permanente guerra e agora querem assaltar o Iran para dominar o mundo árabe e todos os países produtores de óleo. Que absurdo: tudo acontece com o apoio do mundo ocidental, pois são ou enganados de tantas mentiras ou participam livre e espontaneamente, porque querem ter também sua parte do bolo.

Brasil não participa de guerras contra outros países, mas tem aqui mesmo um vasto campo contra seu próprio povo que vive com os maiores impostos e juros do mundo, que poderia ser um dos países mais ricos, mas na verdade é um dos mais pobres, com sistemas de ensino, saúde e segurança ruins, com o numero de pobres e favelas aumentando, com catástrofes grandes e repetidas, com políticos e sistema de justiça corruptos etc., etc.

Se você não concorda ou acredita neles, está bem, mas se não, pode fazer algo na próxima eleição.

Por isso fica cada dia mais obvio: Revoltar-se contra os governantes será mais do que necessário, será um ato de sobrevivência!

Imagens: Kopp-Verlag

%d blogueiros gostam disto: