Arquivo

Posts Tagged ‘compensação kármica’

Astrologia Kármica e o Amor

outubro 17, 2011 Deixe um comentário

Amor perdido, amor traído, amor não respondido, como recuperar um amor perdido? Seja qualquer tipo do amor, sempre tem a ver com a Venus.

Sem a Venus, respectivamente, sem seus princípios primordiais, a vida humana não seria possível, pois ela explica nossos sentimentos e relacionamentos íntimos.

A relação entre casais e com o sexo oposto se pode ver nos aspectos entre Venus e Marte. Perturbações são rapidamente verificados nas posições e nos aspectos entre Marte e Venus. Mas também a Lua e as vezes o Sol podem dar valiosa informações.

Quando ainda não tem uma definição, pode consultar também Jupiter, o grande benéfico com sua abundância. Se não existe este abundância e Marte e Venus não se dão bem, provavelmente há abusos no passado em outras vidas e os problemas de hoje servem de compensação kármica para aprender de respeitar o outro. Neste caso, Saturno pode indicar a maior carga kármica que provavelmente tem haver com frieza e maus tratos do parceiro no passado.

Mais serio é Venus retrograda que significa uma lição muito importante a aprender, pois em vidas passadas a pessoa não entendeu o sentido do verdadeiro amor e fez as pessoas amadas sofrerem muito. Também pode indicar uma mudança de sexo da ultima reencarnação para esta atual e uma possível homossexualidade que tem que ser confirmada por outros aspectos.

Quando porem, Venus não tem nenhum aspecto e se encontra completamente bloqueada, a vida amorosa se torna muito complicada, pois a pessoa ou não tem relações amorosas ou encontra sempre parceiros erradas. Superando esta situação é difícil e requer mudanças radicais da personalidade e dos pensamentos.

Seja como for, o karma nunca falha e os sofrimentos devem servir de lição para o futuro.

O melhor remédio é de se lembrar que o mais importante na vida é a capacidade de amar, e não lamentar somente a falta de um parceiro ideal. Existem outras pessoas e outras coisas valiosas para amar, amar o próximo, por exemplo.

Imagem: http://www.ogrupo.org.br/pensamentosdeamor.asp

Seu Mapa Astral Kármico

maio 21, 2011 1 comentário

O mapa astral é sempre algo inédito, pois nunca mais necessita repetir. Assim se torna muito importante para você: o plano de vida com todas as tarefas e acontecimentos para esta reencarnação. Tudo que você vai ler, é você, seu destino e principalmente as saudades mais profundas da sua alma, pois ela, como centelha de um único Criador, quer se aperfeiçoar para evoluir vida atras vida para finalmente voltar para a casa do nosso Pai.

Muitas tarefas e pedras no caminho podem atrapalhar, mas tem que ser superadas, afinal você mesmo desejou assim antes de se reencarnar de novo. Todos os fatos e acontecimentos importantes em sua vida devem estar no mapa astral e isso inclui também algumas pessoas do seu ambiente com quem você já teve contato em outras vidas.

O mapa astral de nascimento, as vezes, não indica quando e se realmente um evento previsto vai acontecer, porque sua alma, seu Eu Superior, está em permanente evolução e já pode ter superado algo que era tarefa inicial.

Saber é Poder! Você deve conhecer essas palavras. Não se deixe limitar por uma realidade aparente que é dominada pelo impossível, vai em frente e prove que tem condições de desvendar seu ser espiritual.

E mais uma coisa: não se irrite, se você não entende tudo na primeira vez. Tenha paciência com você mesmo, se você ainda não tem a afinidade com as palavras do texto. Algo que você não entenda hoje, amanha vai se abrir para você.

Falando das “influencias”, precisa saber um ponto muito importante: Planetas não têm influencias no sentido comum, mas sempre expressam princípios primordiais, princípios arquétipos. Cada planeta representa neste sentido um desses princípios que pode ser simbolicamente ativado com aspectos harmônicos e desarmônicos em conjunto com os demais.

Signos, planetas e casas do mesmo conjunto representam sempre o mesmo princípio, porem num outro grau dentro do mesmo tema de uma analogia vertical. Um exemplo deve eliminar qualquer duvida: Signos significam idéias (de um arquiteto) ainda não manifestadas, planetas são os planos e energias para sua realização, e as casas são os campos, onde e como tudo se materializa.

Para ser bem claro: astrologia nunca será o ensinamento dos astros, mas dos princípios arquétipos! Porem, nos astros podemos reconhecer e praticar estes princípios. Se uma situação prevista realmente acontecerá, depende de vários fatores, principalmente do seu estado de espírito atual e do crescimento da alma desde o nascimento.

Enquanto o mapa astral de nascimento indica o karma deste exato momento com todas suas tarefas e o programa de aprendizagem para uma vida inteira, a previsão anual indica aqueles momentos em que certos princípios devem se realizar. Mas o Universo reconhece cada mudança, cada passo em direção a evolução do espírito e da alma, considerando assim, se especialmente aspectos desarmônicos ainda estão necessários ou não para a evolução da alma. Com outras palavras, quando uma alma já absolveu de livre e espontânea vontade algo que era necessário de aprender, o principio não será mais importante de agir ou somente de uma maneira mais suave.

Podemos assim comparar a astrologia com um instrumento de medição da realidade, que mede, mas não produz o evento. Como um termômetro, que mede a temperatura, mas não produz a febre. Astrologia mede a qualidade do tempo de qualquer momento e não a quantidade.

Falando de tempo, é normal de pensar em uma medida quantitativa, mas seu pólo oposto é a qualidade do tempo que tem muito mais peso na astrologia.

Para saber algo de uma certa pessoa em sua vida, pode fazer sinastria que fornece todos os dados do relacionamento: amor e casamento, atração e compatibilidade, equilíbrio de temperamento e tipo, harmonia mental e emocional, duração de um relacionamento; e a posição de Saturno com o karma de um com o outro.

Alem disso, a astrologia medica pode fornecer dados sobre predisposições de doenças. Isso necessita uma explicação: como aspectos tensos e desarmônicos são provas e tarefas para esta vida, sua desobediência requer alguma compensação kármica para que você termina o programa de aprendizagem, ou seja voluntariamente ou então forçado.

Imagem: miraflores.olx.pt, magianegra.com.pt, portocity.olx.pt,

%d blogueiros gostam disto: