Arquivo

Posts Tagged ‘Eu Superior’

Astrologia Kármica – Percepção é Realidade?

A Realidade é aquilo que percebemos? As vezes sim, as vezes não.

Vivemos num mundo dos opostos entre o bem e o mal, entre luz e escuridão, entre amor e medo. Nosso objetivo é de viver, experimentar e entender estas forças contrárias, pois tudo é Deus. Temos que aprender que cada coisa é completa e perfeita, mesmo quando nos não achamos isso.

O nosso estado atual precário de consciência leva nos a crer que vivemos dentro de um corpo material e tudo o que está fora de nos, não tem nada a ver conosco e que nossas opiniões, pensamentos e sentimentos não podem tomar formas quaisquer ou ter alguma influencia externa. É um grande erro: tudo que pensamos, sentimos e fazemos cria nosso mundo inteiro e tem conseqüências até a mais distante estrela do Universo! A cada momento somos todos criadores que criam e geram mais do que podemos imaginar (e muito mais do que é bom para nos!).

Muitas tarefas e pedras no caminho – que nos mesmo criamos – podem atrapalhar, mas tem que ser superadas, afinal você mesmo desejou assim antes de se reencarnar de novo. Todos os fatos e acontecimentos importantes em sua vida devem estar no mapa astral e isso inclui também algumas pessoas do seu ambiente com quem você já teve contato em outras vidas.

O mapa astral de nascimento não indica quando e se realmente um evento previsto vai acontecer, por que a alma, seu Eu Superior, está em permanente evolução e já pode ter superado algo que era tarefa inicial.

Saber é Poder! Você deve conhecer essas palavras. Não vamos nos deixar limitar por uma realidade aparente que é dominada pelo aparente impossível, vamos provar que temos condições de desvendar o nosso ser espiritual. É apenas querer e se abrir.

Imagem: culturamix.com,

Seu Mapa Astral Kármico

maio 21, 2011 1 comentário

O mapa astral é sempre algo inédito, pois nunca mais necessita repetir. Assim se torna muito importante para você: o plano de vida com todas as tarefas e acontecimentos para esta reencarnação. Tudo que você vai ler, é você, seu destino e principalmente as saudades mais profundas da sua alma, pois ela, como centelha de um único Criador, quer se aperfeiçoar para evoluir vida atras vida para finalmente voltar para a casa do nosso Pai.

Muitas tarefas e pedras no caminho podem atrapalhar, mas tem que ser superadas, afinal você mesmo desejou assim antes de se reencarnar de novo. Todos os fatos e acontecimentos importantes em sua vida devem estar no mapa astral e isso inclui também algumas pessoas do seu ambiente com quem você já teve contato em outras vidas.

O mapa astral de nascimento, as vezes, não indica quando e se realmente um evento previsto vai acontecer, porque sua alma, seu Eu Superior, está em permanente evolução e já pode ter superado algo que era tarefa inicial.

Saber é Poder! Você deve conhecer essas palavras. Não se deixe limitar por uma realidade aparente que é dominada pelo impossível, vai em frente e prove que tem condições de desvendar seu ser espiritual.

E mais uma coisa: não se irrite, se você não entende tudo na primeira vez. Tenha paciência com você mesmo, se você ainda não tem a afinidade com as palavras do texto. Algo que você não entenda hoje, amanha vai se abrir para você.

Falando das “influencias”, precisa saber um ponto muito importante: Planetas não têm influencias no sentido comum, mas sempre expressam princípios primordiais, princípios arquétipos. Cada planeta representa neste sentido um desses princípios que pode ser simbolicamente ativado com aspectos harmônicos e desarmônicos em conjunto com os demais.

Signos, planetas e casas do mesmo conjunto representam sempre o mesmo princípio, porem num outro grau dentro do mesmo tema de uma analogia vertical. Um exemplo deve eliminar qualquer duvida: Signos significam idéias (de um arquiteto) ainda não manifestadas, planetas são os planos e energias para sua realização, e as casas são os campos, onde e como tudo se materializa.

Para ser bem claro: astrologia nunca será o ensinamento dos astros, mas dos princípios arquétipos! Porem, nos astros podemos reconhecer e praticar estes princípios. Se uma situação prevista realmente acontecerá, depende de vários fatores, principalmente do seu estado de espírito atual e do crescimento da alma desde o nascimento.

Enquanto o mapa astral de nascimento indica o karma deste exato momento com todas suas tarefas e o programa de aprendizagem para uma vida inteira, a previsão anual indica aqueles momentos em que certos princípios devem se realizar. Mas o Universo reconhece cada mudança, cada passo em direção a evolução do espírito e da alma, considerando assim, se especialmente aspectos desarmônicos ainda estão necessários ou não para a evolução da alma. Com outras palavras, quando uma alma já absolveu de livre e espontânea vontade algo que era necessário de aprender, o principio não será mais importante de agir ou somente de uma maneira mais suave.

Podemos assim comparar a astrologia com um instrumento de medição da realidade, que mede, mas não produz o evento. Como um termômetro, que mede a temperatura, mas não produz a febre. Astrologia mede a qualidade do tempo de qualquer momento e não a quantidade.

Falando de tempo, é normal de pensar em uma medida quantitativa, mas seu pólo oposto é a qualidade do tempo que tem muito mais peso na astrologia.

Para saber algo de uma certa pessoa em sua vida, pode fazer sinastria que fornece todos os dados do relacionamento: amor e casamento, atração e compatibilidade, equilíbrio de temperamento e tipo, harmonia mental e emocional, duração de um relacionamento; e a posição de Saturno com o karma de um com o outro.

Alem disso, a astrologia medica pode fornecer dados sobre predisposições de doenças. Isso necessita uma explicação: como aspectos tensos e desarmônicos são provas e tarefas para esta vida, sua desobediência requer alguma compensação kármica para que você termina o programa de aprendizagem, ou seja voluntariamente ou então forçado.

Imagem: miraflores.olx.pt, magianegra.com.pt, portocity.olx.pt,

Plutão em Capricórnio

janeiro 20, 2011 1 comentário

Você está pronta para as mudanças ou faz parte daqueles que fecharam os olhos novamente nas últimas eleições e votou cegamente naquela turma que está aí?

Nossa maior tarefa agora é de questionar a autoridade e suas responsabilidades!

Com certeza, Plutão não vai abandonar seu caráter revolucionário de destruir para reconstruir tudo de nova numa forma diferente, mas com certeza vai dar sinais. Suas novas freqüências vão examinar nossas relações a respeito das autoridades. Sempre em Capricórnio, Plutão exige um novo papel nosso em relação com o poder, a autoridade e a responsabilidade. Plutão não hesita com suas ações de destruição, nem Capricórnio.

Considerando um período maior, como os últimos 13.000 anos, pode-se dizer que sempre os homens estavam no poder durante esta fase escura e o usaram da pior forma extrema com sua inclinação para a força e violência. Os lideres, os Illuminati, os governos, as religiões, as escolas e educadores, todos que podemos chamar “O Sistema”, nos deixou num estado de dependência e ensinou que não existe um Eu Superior e que Deus é algo fora de nos. Assim ficamos paralisados, enquanto a Autoridade aumentou seu poder ate o insuportável. Agora, Plutão está informando que a verdadeira autoridade e o poder estão dentro de nos mesmos e o que falta é que nos enxergamos isso.

Plutão ficara em Capricórnio ate 2024 e será interessante de testemunhar que cada pessoa com poder e não a usa para bem da comunidade, vai se dar muito mal. Todas as mentiras, com quais fomos oprimidos, vão ser reveladas. O que vai acontecer, quando todo líder vai ser responsabilizado por seus atos? O que vai acontecer, quando todo mundo vai enxergar que foi sistematicamente enganado e amordaçado? Acho que não vai ser um processo sutil, se as massas vão saber de todas as falcatruas dos seus poderosos lideres.

Se consideramos os acontecimentos, as catástrofes e terremotos com tendências para aumentar da própria Terra, como barômetro daquilo que está passando na consciência coletiva da humanidade, podemos temer que o nosso renascimento não vai ser com suavidade, mas com complicações.

E não esquece que estamos hoje, neste dia, somente no começo. É necessário que você acorda e enxerga o que está acontecendo em sua volta.

Imagem: plutão.icicom.up.pt

%d blogueiros gostam disto: