Arquivo

Posts Tagged ‘inspirar e expirar’

Astrologia Kármica – Mapa Astral Kármico (3)

Para que serve a consciência, mesmo com a percepção necessária e discernimento suficiente, se não há dignidade?

Um dos nossos maiores inimigos para a evolução são três simples palavras: dar um jeito, que expressa pequenas e até grandes malandragens que retardam nosso desenvolvimento espiritual.

O Bem e o Mal

Quando falamos do bem e mal, é para ser entendido melhor. Na verdade, não existe o bem e o mal, são simplesmente duas experiências contrárias. São os dois lados opostos da mesma moeda. A eletricidade precisa de dois pólos para funcionar, o positivo e o negativo, sem que um tenha mais valor do que o outro. Para respirar necessitamos inspirar e expirar. Qual dos dois é mais importante? Nenhum, os dois são igualmente importantes, porque significam o ritmo da vida. Onde não há este ritmo, não há vida. Por isso, o bem e o mal são experiências necessárias, que temos que fazer.

Cada alma tinha no inicio primordial seu caminho de involução, se afastando de Deus para descobrir seu EU como alma individual, mesmo sendo sempre uma centelha de Deus e fazendo parte deste Deus. Quando esta alma adquiriu experiências suficientes, começa o caminho da sua evolução. Mas não é possível que isso aconteça em todas as áreas ao mesmo instante. Aquilo, que deixamos de aprender anteriormente, significa o nosso karma atual ou pelo menos esta parte, que queremos resolver agora nesta vida.

Na verdade, somente existe o amor. O único objetivo é amar e ser amado. Mas ele tem o seu lado oposto: o medo. Todos conhecem o medo com suas faces diferentes: raiva, ódio, violência, ciúmes, arrogância, intolerância, inveja, ganância, vingança e muitas outras que temos de superar algum dia para terminar as experiências no mundo dos opostos que é nossa Terra.

Por que nos reencarnamos tantas vezes? E por que não lembramos das vidas anteriores?

O programa de aprendizagem é tão complexo que uma única vida não é suficiente. É como uma criança que começa na primeira série e depois acha que já sabe de tudo. Evidente que não. Na maneira em que absolve as séries seguintes, ela esquece completamente como aprendeu e apenas se lembra o que aprendeu. Conosco acontece à mesma coisa.

É uma graça de Deus, é o perdão Dele, o presente do esquecimento, para que podemos começar cada nova vida sem a carga das lembranças e culpas, que são muitas vezes amargas. Assim, podemos sempre recomeçar de uma maneira inocente e sem preocupações. Apenas a nossa alma memoriza todas as experiências e se manifesta mediante nossa infalível consciência, o nosso grande juiz interior. Por esta razão deveríamos sempre escutar e segui-la. Mas, para aprender onde nos erramos, o karma trás ás vezes o sofrimento, para nos sensibilizar exatamente naquela área onde ainda não estamos perfeitos. É o sofrimento necessário que nos lapida para sermos um dia um verdadeiro diamante.

Karma não é uma coisa “terrível”, mas simplesmente um estado de experiências com créditos e débitos das mais variadas áreas de todas as vidas já vividas. Se fosse uma contabilidade com conta bancária, poderíamos ver onde nos temos que nos esforçar ainda mais para ter mais credito. O karma sempre age nestas áreas, onde deixamos de evoluir de maneira voluntária.

A maior força, dada por Deus, é o nosso Livre Arbítrio. Isso quer dizer, que você, a qualquer momento, pode mudar seu destino, que você escolheu antes de nascer, fazendo simplesmente uma outra escolha! Mas isso nunca suspende seu programa de aprendizagem e somente transfere algumas tarefas para mais tarde ou uma próxima vida.

Porém, se você está consciente dos erros do passado e se arrepende verdadeiramente, muito karma com seu sofrimento pode ser cancelado pela Lei da Graça.

Imagem: elainepoltronieri.blogspot.com,

Astrologia Kármica: Karma e Destino

novembro 14, 2011 Deixe um comentário

Uma coisa depende da outra ou, com outras palavras: o destino é conseqüência do karma. Nos sempre somos o resultado de todas as encarnações anteriores.

E assim segue uma vida atras da outra para viver exatamente algo que ainda não somos ou tememos ou rejeitamos ou odiamos etc., etc..

Você odeia muçulmanos ou cristãos ou judeus ou pretos ou brancos ou amarelos ou vermelhos ou homossexuais? Seja cuidadoso, pois pode ser que você vai renascer como alguém quem você discriminou no passado. Assim trabalha o karma, sempre querendo fazer de você um ser perfeito e neste caso quer dizer um ser sem discriminação contra alguém.

Imagina, você sofre hoje de alguma discriminação e não sabe porque e se sente injustiçado. Com certeza, você discriminou alguém no passado e, para sentir na própria pele como dói esta humilhação, você tinha que sofrer hoje da mesma maneira. Deixe de discriminar os outros e ninguém vai discriminar você. É tão simples. Não faça aquilo que você não quer que alguém faça com você.

Karma não se chama por acaso de Lei do Equilíbrio, pois cada ação será respondida com a mesma reação, porem na direção contraria.

Nunca devemos esquecer que vivemos num mundo dos opostos e que temos de experimentar os dois lados da moeda. O dia não existiria sem a noite e ninguém apenas pode inspirar sem expirar. Assim funcionam as coisas e você sabe disso.

Pergunte-se antes de reclamar: onde errei? Tudo que você está vivendo ou sofrendo, tem sua justa causa e, inconscientemente, você sabe disso.

Mude seu pensamento, seja mais tolerante e você vai mudar seu destino.

Imagem: pinhalturismo.com.br,

Astrologia Kármica de Reencarnação

Afugenta de tua vida pensamentos negativos; eles te arruinarão física e espiritualmente.

Exatamente isso está acontecendo com muita gente por varias razões. Em geral, almas que se encontram no final de um ciclo, querem de uma vez resolver todo seu karma nesta vida e quando estão sofrendo demais, se perdem em lamentações, pessimismo e depressões. Assim, uma coisa puxa a outra.

As Leis da Atração, da Afinidade e Ressonância estão complicando ainda mais as vidas já difíceis e aparentemente nada pode ajudar, se as pessoas não param para pensar e raciocinar.

O Universo sempre conspira em favor dos indivíduos e proporciona exatamente aquilo que a pessoa pensa e aparentemente quer conforme o entendimento do Universo. Por isso, os sábios dizem que cada um é o que pensa. Agora, uma pessoa em apuros não pensa em outra coisa alem dos seus problemas, como falta de dinheiro, alguma doença, abandono do seu parceiro, filhos etc. E assim acontece simplesmente o contrario do desejado.

Cada um deve se lembrar que vivemos num mundo dos opostos. Inspirar e expirar, dia e noite, maré alta e maré baixa, lua cheia e lua nova são alguns exemplos deste principio que forma o ritmo da vida. Sem este ritmo, vida não é possível. Agora, as pessoas em questão estão vivendo somente um lado deste principio o lado negativo, o lado do medo e não do amor. O resultado é que há um acumulo das coisas negativas, de energia negativa e aparentemente não há nenhuma alternativa de melhorar sua vida.

Você pode pedir ajuda a Deus o que não é uma idéia ruim, mas pelo amor de Deus não menciona todas suas dificuldades. Deus já sabe do seu sofrimento. Pede aquilo que você deseja ter e ser. Se você quer reforçar seu pedido com Nossa Senhora, vai em frente, mas pede algo positivo e não repita se sofrimento. O mesmo vale para nosso Senhor, Jesus Cristo. Com certeza, Ele vai te ajudar se pede com jeito.

Nas minhas interpretações do Mapa astral kármico de reencarnação sempre há explicações detalhadas sobre as escolhas e porque fazer outras quando é necessário. Imagina, quando você ainda não estava encarnado e preparava sua próxima reencarnação, você sabia do seu karma e tudo o que você queria e devia realizar e superar numa nova vida na terra.

Como já mencionei, às vezes, a alma quis superar demais em uma vez e agora está nesta situação complicada e não sabe o que fazer. Lembra do seu Livre Arbítrio e usa-o, fazendo algumas outras escolhas, em vez de criar novo karma, porque não consegue superar tudo que você planejou. Você deveria definir muito claro o que você quer da sua vida, correspondentemente do Universo e viver isso. Muito importante neste sentido são seus pensamentos atrás dos pensamentos.

O escritor Neale Donald Walsch escreveu um livro maravilhoso: Conversando com Deus. Este livro seria muito útil para você.

Eu desejo muita força de vontade e energia positiva para você e que todos seus desejos se realizam.

Imagens: orkut-msn.net, institutodafelicidade.org.br,

O que você pode esperar de uma interpretação kármica (4)?

Cada mapa é diferente do outro, evidentemente nenhuma abordagem é igual a outra.

Como já falei, o mapa astral kármico é para o astrólogo como um livro aberto que começa a contar a historia de uma alma pelo passar dos tempos. Após um rápido estudo de alguns minutos, ele já sabe quais são os principais motivos da reencarnação desta pessoa, pois os aspectos desarmônicos mostram o caminho.

Os aspectos azuis – erroneamente chamados os bons – são os harmônicos e indicam em geral onde a alma não tem nenhum problema e encontra alegria e felicidades, sucesso e saúde e outras coisas positivas.

Mesmo assim, não seria justo e correto de chamar os aspectos desarmônicos em vermelho de ruim, somente por que a alma ainda não conseguiu se aperfeiçoar completamente em certas áreas e quer enfrentar aqui novas tarefas para evoluir.

O Bem e o Mal

Quando eu falo do bem e mal, é para ser entendido melhor. Na verdade, não existe o bem e o mal, são simplesmente duas experiências contrárias. São os dois lados opostos da mesma moeda. A eletricidade precisa de dois pólos para funcionar, o positivo e o negativo, sem que um tenha mais valor do que o outro. Para respirar necessitamos inspirar e expirar. Qual dos dois é mais importante? Nenhum, os dois são igualmente importantes, porque significam o ritmo da vida. Onde não há este ritmo, não há vida. Por isso, o bem e o mal são experiências necessárias, que temos que fazer.

Cada alma tinha no inicio primordial somente seu caminho de involução, se afastando de Deus para descobrir seu EU como alma individual, mesmo sendo sempre uma centelha de Deus e fazendo parte deste Deus. Quando esta alma adquiriu experiências suficientes, começou o caminho da sua evolução. Mas não é possível que isso aconteça em todas as áreas ao mesmo tempo. Aquilo, que deixamos de aprender anteriormente, significa o nosso karma atual ou pelo menos esta parte, que queremos resolver nesta vida.

Temos de saber que na verdade, somente existe o amor. O único objetivo é amar e ser amado. Mas o amor tem seu lado oposto: o medo. Todos conhecem o medo com suas faces diferentes: raiva, violência, ciúmes, arrogância, intolerância, inveja, vingança e muitas outras que temos de superar algum dia para terminar as experiências no mundo dos opostos que é nossa terra.

Continua.

Imagem: benicio.flogbrasil.terra.com.br

%d blogueiros gostam disto: