Arquivo

Posts Tagged ‘malandragens’

Astrologia Kármica – Mapa Astral Kármico (3)

Para que serve a consciência, mesmo com a percepção necessária e discernimento suficiente, se não há dignidade?

Um dos nossos maiores inimigos para a evolução são três simples palavras: dar um jeito, que expressa pequenas e até grandes malandragens que retardam nosso desenvolvimento espiritual.

O Bem e o Mal

Quando falamos do bem e mal, é para ser entendido melhor. Na verdade, não existe o bem e o mal, são simplesmente duas experiências contrárias. São os dois lados opostos da mesma moeda. A eletricidade precisa de dois pólos para funcionar, o positivo e o negativo, sem que um tenha mais valor do que o outro. Para respirar necessitamos inspirar e expirar. Qual dos dois é mais importante? Nenhum, os dois são igualmente importantes, porque significam o ritmo da vida. Onde não há este ritmo, não há vida. Por isso, o bem e o mal são experiências necessárias, que temos que fazer.

Cada alma tinha no inicio primordial seu caminho de involução, se afastando de Deus para descobrir seu EU como alma individual, mesmo sendo sempre uma centelha de Deus e fazendo parte deste Deus. Quando esta alma adquiriu experiências suficientes, começa o caminho da sua evolução. Mas não é possível que isso aconteça em todas as áreas ao mesmo instante. Aquilo, que deixamos de aprender anteriormente, significa o nosso karma atual ou pelo menos esta parte, que queremos resolver agora nesta vida.

Na verdade, somente existe o amor. O único objetivo é amar e ser amado. Mas ele tem o seu lado oposto: o medo. Todos conhecem o medo com suas faces diferentes: raiva, ódio, violência, ciúmes, arrogância, intolerância, inveja, ganância, vingança e muitas outras que temos de superar algum dia para terminar as experiências no mundo dos opostos que é nossa Terra.

Por que nos reencarnamos tantas vezes? E por que não lembramos das vidas anteriores?

O programa de aprendizagem é tão complexo que uma única vida não é suficiente. É como uma criança que começa na primeira série e depois acha que já sabe de tudo. Evidente que não. Na maneira em que absolve as séries seguintes, ela esquece completamente como aprendeu e apenas se lembra o que aprendeu. Conosco acontece à mesma coisa.

É uma graça de Deus, é o perdão Dele, o presente do esquecimento, para que podemos começar cada nova vida sem a carga das lembranças e culpas, que são muitas vezes amargas. Assim, podemos sempre recomeçar de uma maneira inocente e sem preocupações. Apenas a nossa alma memoriza todas as experiências e se manifesta mediante nossa infalível consciência, o nosso grande juiz interior. Por esta razão deveríamos sempre escutar e segui-la. Mas, para aprender onde nos erramos, o karma trás ás vezes o sofrimento, para nos sensibilizar exatamente naquela área onde ainda não estamos perfeitos. É o sofrimento necessário que nos lapida para sermos um dia um verdadeiro diamante.

Karma não é uma coisa “terrível”, mas simplesmente um estado de experiências com créditos e débitos das mais variadas áreas de todas as vidas já vividas. Se fosse uma contabilidade com conta bancária, poderíamos ver onde nos temos que nos esforçar ainda mais para ter mais credito. O karma sempre age nestas áreas, onde deixamos de evoluir de maneira voluntária.

A maior força, dada por Deus, é o nosso Livre Arbítrio. Isso quer dizer, que você, a qualquer momento, pode mudar seu destino, que você escolheu antes de nascer, fazendo simplesmente uma outra escolha! Mas isso nunca suspende seu programa de aprendizagem e somente transfere algumas tarefas para mais tarde ou uma próxima vida.

Porém, se você está consciente dos erros do passado e se arrepende verdadeiramente, muito karma com seu sofrimento pode ser cancelado pela Lei da Graça.

Imagem: elainepoltronieri.blogspot.com,

Astrologia Kármica – Mapa Astral Kármico (2)

Você sabia que cada alma desencarnada escolhe e planeja cuidadosamente, junto com seus guias espirituais e conforme suas necessidades kármicas, suas tarefas em cada detalhe que quer enfrentar numa nova reencarnação, incluindo o ambiente, as condições de vida e seus parceiros, como família, relações amorosas e filhos?

Imagine um ser que errou muito em vidas passadas com abusos de poder, de dinheiro, de arrogância, de ignorância, de ganancia, e malandragens etc., etc.

Provavelmente vai escolher nesta reencarnação uma vida humilde para conhecer o outro lado da moeda e pagar seu karma com pobreza, doenças, brigas, desentendimentos, e infelicidades e, quem sabe, vivendo dentro de uma favela, porque no estado não encarnado, cada ser tem uma consciência ilimitada e somente sente a necessidade de evoluir o mais breve possível.

Quando tudo for acertado, apenas falta determinar o melhor momento para o nascimento para coincidir com as constelações do céu.

Imagina ainda como será a infância desta criança, sua educação, sua adolescência e com a vizinhança com o crime? A lição de vida vai ser muito dura e apenas poucas pessoas vão poder se superar e conseguir alcançar uma vida melhor.

Mas também muitas outras pessoas, pessoas de bem, estão num caminho errado sem saber e eu me pergunto, quantos golpes do destino são necessários para que enxerguem que tem que mudar suas atitudes e tomar outras escolhas? Quanto sofrimento, quantas doenças podiam ser evitadas, se as pessoas tomassem voluntariamente uma direção diferente e os sofrimentos e as dores forçadas não seriam mais necessárias?

Cada um pode mudar seu destino, se tiver a consciência, percepção e discernimento do certo e errado. Sempre há escolhas para fazer e você mesmo decide quais provas e tarefas quer experimentar. Para tudo isso serve a astrologia kármica, para discernir entre as diferentes ações e dar preferencia a uma compreensão e consciência espiritual maior e crescente.

Raras vezes, eu como astrólogo kármico, conheço as pessoas pessoalmente, seus rostos e mesmo assim me torna normalmente seu amigo, pois eu vejo suas almas, seu karma, seu passado, suas alegrias e suas tristezas e sofrimentos, seus amores e seus medos. Com sensibilidade, conhecimentos e experiência, minha única intenção é de ajudar as pessoas se conhecerem a si mesmas melhor e indicar um caminho mais feliz para a vida atual e futura e ao mesmo tempo para sua evolução espiritual.

Cada um pode saber, porque sua vida é assim como é, de onde ele vem e para onde vai. Todas as perguntas podem ser respondidas.

Imagem: viverconsciente.com,

%d blogueiros gostam disto: