Arquivo

Posts Tagged ‘Mapa Astral Kármico de Reencarnação’

Mensagem de uma filha…(Honra teu pai e tua mãe)

fevereiro 16, 2014 Deixe um comentário

“Acabo de perder meu pai”

2014-02-16“Esta noite eu passei no hospital me despedindo. Só eu e ele. Deitada em seu ombro, tivemos tempo de conversar sobre muitos assuntos, pedi perdão pelas minhas faltas e prometi seguir de cabeça erguida e cuidar de minha mãe e meus avós. Ele estava quentinho e sereno. Éramos só nós dois, pai e filha, na despedida mais linda que eu poderia ter. E ele também se despediu. Sei que ele está bem. Claro que está. E eu sou a continuação da vida dele. Um dia meus futuros filhos saberão quem foi Santiago Andrade, o avô deles. Mas eu, somente eu, saberei o orgulho de ter o nome dele na minha identidade. Obrigada, meu Deus. Porque tive a chance de amar e ser amada. Tive todas as alegrias e tristezas de pai e filha. Obrigado a todos. Ele também agradece. Eu sou Vanessa Andrade, tenho 29 anos e os anjinhos do céu acabam de ganhar um pai.”

Vanessa Andrade, jornalista, filha de Santiago Andrade, cinegrafista da Bandeirante, morto por um rojão lançado por um manifestante inconsequente, quinta feira, 6/02/2014.

Somente Deus sabe, por que Santiago Andrade estava lá naquele lugar naquela hora e por que aqueles moleques irresponsáveis lançaram este explosivo contra ele. Mas como a vida, a morte também tem um sentido. Ele “morreu” neste mundo para renascer num outro, igual ao que aconteceu quando ele “morreu” lá para renascer aqui. Esta é a Lei Divina, “morrer” e renascer num ritmo interminável, mesmo se nós não podemos entender o sentido destes acontecimentos, mas é como uma moeda com seus dois lados opostos.

A única possibilidade de saber exatamente por que tudo isso aconteceu, é o Mapa Astral Kármico de Reencarnação que revela o nosso destino.

Imagem: http://www.atribunamt.com.br

Karma e Reencarnação: Cegueira é pecado?

julho 21, 2011 2 comentários

Depende. Por exemplo, se alguém sofreu um acidente e ficou em seguida cego, neste casos trata-se de um efeito kármico em conseqüência de algum erro no passado.

Mas existe um outro tipo de cegueira, cegueira mental e espiritual, quando alguém não quer aprender, não quer se esforçar para entender e evoluir. Logico que existe o livre arbítrio e esta pessoa pode repetir seus erros tantas vezes que precisa para acordar.

Neste caso se pode falar de pecado e pode confiar que o karma se encarregará para forçar a pessoa de aprender. Sempre acontece quando uma pessoa não quer aprender voluntariamente sua lição. As vezes, se passam varias vidas ate que a pessoa está preparada, mas o Universo tem toda paciência e sempre dá mais uma chance.

Mesmo assim é uma grande pena, por que a alma perdeu muito tempo em vão e não evoluiu como devia. Assim se cria um circulo vicioso e a alma passa de uma miséria para a outra antes de perceber seu grande erro de cegueira.

Existe um outro tipo de cegueira que se pode chamar de cegueira intelectual. Normalmente são pessoas de boa educação, mas terrivelmente material e que duvidam de tudo e de todos e acham, que tudo que eles não podem ver, tocar, pesar e de alguma maneira comprovar, é superstição.

Ultimamente, enfrento mais um outro tipo de cegueira que pode ser chamada cegueira de ignorância. Vou explicar, sem querer ofender ninguém: estas pessoas fizeram seu mapa astral kármico de reencarnação e acham que o astrólogo pode trazer a felicidade e resolver todos os problemas que elas enfrentam. Elas não entendem que somente elas mesmas podem mudar seus destinos e não o astrólogo. Ele somente pode informar e indicar outros caminhos, mas não pode tomar as escolhas necessárias no lugar dos seus clientes.

Alguns estão compreensivelmente tão cegos por causa dos seus problemas graves que provavelmente não entendem bem o texto da interpretação que tem que ser lido varias vezes para criar uma afinidade com o assunto, necessária para uma compreensão mais profunda.

Imagina algum texto sobre algum assunto do que você não tem a minima ideia. O que acontece? Você tem que se dedicar e estudar o assunto, ainda mais, quando envolve seus mais complicados problemas. O sofrimento – do ponto de vista do karma – é necessário para tornar a alma mais sensível, pois somente está sofrendo aquilo que causou em vidas passadas para a alguém outro. Este é o sentido do karma, e não algum tipo de vingança, ação e reação (= equilíbrio) para sentir agora no próprio corpo o que causou de sofrimento ao outro.

O que é necessário para mudar a situação? Que você diga: chega! Já sofri bastante! Já aprendi minha lição! Agora eu sei que o outro sofreu por minha causa! Meu sofrimento agora pagou o sofrimento que eu causei no passado! Estou finalmente livre!

Quando você bota isso na sua cabeça de uma maneira convincente, cuidando dos seus pensamentos atras dos pensamentos, o Universo vai notar suas novas escolhas diferentes e vai conspirar com elas.

Ainda existe um outro recurso: a Lei da Graça. Pode apelar diretamente ao Deus, pedindo perdão. Você vai se surpreender como isso funciona quando você realmente se arrepende.

Imagem: O sorriso de Deus?

O Mapa Astral e suas relações

O que mais o mapa astral kármico de reencarnação pode revelar alem do destino da pessoa em questão?

Nos já sabemos que ele descreve o signo e as 12 casas revelam a personalidade; bens e dinheiro; irmãos e primos; família e infância; filhos, amados e sua vida amorosa em geral; saúde e profissão; casamento; morte e renascimento; idéias, religião e filosofia; convívio na sociedade e reputação; amigos atuais e de outras vidas e finalmente suas felicidades e seus sofrimentos, alem de pessoas conhecidas em outras vidas que reencontrou hoje, bem como antigas profissões e países em que viveu. A final tudo que o mapa mostra é a viagem da alma pelo passar do tempo.

Porem, se não há outras informações, alguns planetas podem revelar algo sobre as pessoas mais intimas do nosso convívio. Por exemplo, o Sol não somente indica o signo e sua personalidade formada em vidas passadas, mas também as características principais do seu pai.

De um lado temos o seu próprio relacionamento com seu pai, mas no outro podemos também ver mais detalhes do seu pai e como e porque ele se comporta a respeito de você e outras pessoas da família. Pode ser que este sistema se torna um pouco complicado, mas mesmo assim as informações básicas são surpreendentemente corretas.

O mesmo sistema se usa para ter detalhes da sua mãemediante a Lua. Ele também, em combinação com a Venus, pode informar sobre esposas, irmas, amantes e filhas.

Marte indica detalhes de maridos e amantes masculinos. Mercúrio indica irmãos e primos. Saturno representa os velhos da família e pessoas que já são velhos conhecidos de outras vidas.

Os aspectos também podem informar as relações entre si, por exemplo entre pai e mãe, representados pelo Sol e Lua.

Evidentemente, uma interpretação das pessoas em questão e a respectiva sinastria são bem mais precisas, mas as vezes não temos dados exatos do nascimento deles.

Imagem: lookfordiagnosis.com,

Astrologia Kármica e antigas Paradigmas

Tudo na natureza se submete a certos ritmos, como por exemplo, maré alta e maré baixa, verão e inverno, Lua cheia e Lua nova, dia e noite e nascer e morrer. Sem estes ritmos vida não é possível.

Quem considera reencarnação como fato, sabe que não morre ao “morrer”, mas continua como Ser Imortal, somente numa outra dimensão. Trata-se do mesmo ritmo como dia e noite, somente numa escala bem maior.

Quem pede seu mapa astral kármico de reencarnação tem que se acostumar com esta realidade, mesmo acabando com algumas antigas paradigmas. Pode ser que você fica sabendo que já é uma alma velha e assistiu a submersão da Atlântida. Ou que você em uma vida passada era muito poderoso e abuso deste poder, razão pela qual sua vida hoje enfrenta algumas dificuldades que você não sabe explicar e por isso acha injustas.

Você deve saber que o desenvolvimento é lento e em forma de anel, mas não se fecha, pois acontece segue como espiral, sempre reencarnando num nível maior.Suas melhores e mais valiosas ferramentas para esta tarefa são amor, fé, perdão, tolerância e compreensão. Usando as bem, muitas barreiras vão desaparecer no seu caminho, … se você acorda e enxerga seu caminho certo e deixo os errados. Quantos golpes do destino ainda são necessários para que enxerga que tem que mudar suas atitudes e tomar outras escolhas? Quanto sofrimento, quantas doenças podiam ser evitadas, se você tomasse voluntariamente uma direção diferente e os sofrimentos e as dores forçadas não seriam mais necessárias?

Novamente: sempre há escolhas para fazer e você mesma decide quais provas e tarefas quer experimentar. Para tudo isso serve a astrologia kármica, para discernir entre as alternativas e em seguida usa sua própria compreensão e consciência espiritual crescente.

Raras vezes o astrólogo kármico conhece as pessoas, mas pode indicar um caminho mais feliz para sua vida atual e ao mesmo tempo para sua evolução espiritual.

O Bem e o Mal

Quando falamos do bem e mal, é para ser entendido melhor. Na verdade, não existe o bem e o mal, são simplesmente duas experiências contrárias. São os dois lados opostos da mesma moeda. A eletricidade precisa de dois pólos para funcionar, o positivo e o negativo, sem que um tenha mais valor do que o outro. Para respirar necessitamos inspirar e expirar. Qual dos dois é mais importante? Nenhum, os dois são igualmente importantes, porque significam o ritmo da vida. Por isso, o bem e o mal são experiências necessárias, que você tem que fazer.

Cada alma tinha no inicio primordial seu caminho de involução, se afastando de Deus para descobrir seu EU como alma individual, mesmo sendo sempre uma centelha de Deus e fazendo parte deste Deus. Quando esta alma adquiriu experiências suficientes, começa o caminho da sua evolução. Mas não é possível que isso aconteça em todas as áreas ao mesmo instante. Aquilo, que deixamos de aprender anteriormente, significa o nosso karma atual ou pelo menos esta parte, que queremos resolver agora nesta vida.

Na verdade, somente existe o amor. O único objetivo é amar e ser amado. Mas ele tem o seu lado oposto: o medo. Todos conhecem o medo com suas faces diferentes: raiva, ódio, violência, ciúmes, arrogância, intolerância, inveja, ganância, vingança e muitas outras que temos de superar algum dia para terminar as experiências no mundo dos opostos que é nossa Terra.

Por que nos reencarnamos tantas vezes? E por que não lembramos das vidas anteriores?

O programa de aprendizagem é tão complexo que uma única vida não é suficiente. É como uma criança que começa na primeira série e depois acha que já sabe de tudo. Evidente que não. Na maneira em que absolve as séries seguintes, ela esquece completamente como aprendeu e apenas se lembra o que aprendeu. Conosco acontece à mesma coisa.

É uma graça de Deus, é o perdão Dele, o presente do esquecimento, para que podemos começar cada nova vida sem a carga das lembranças e culpas, que são muitas vezes amargas. Assim, podemos sempre recomeçar de uma maneira inocente e sem preocupações. Apenas a nossa alma memoriza todas as experiências e se manifesta mediante nossa infalível consciência, o nosso grande juiz interior. Por esta razão deveríamos sempre escutar e segui-la. Mas, para aprender onde nos erramos, o karma trás ás vezes o sofrimento, para nos sensibilizar exatamente naquela área onde ainda não estamos perfeitos. É o sofrimento necessário que nos lapida para sermos um dia um verdadeiro diamante.

Karma não é uma coisa “terrível”, mas simplesmente um estado de experiências com créditos e débitos das mais variadas áreas de todas as vidas já vividas. Se fosse uma contabilidade com conta bancária, poderíamos ver onde nos temos que nos esforçar ainda mais para ter mais credito. O karma sempre age nestas áreas, onde deixamos de evoluir de maneira voluntária.

Favelas, fome, miséria, doenças, drogas e violência não são somente problemas sociais, também. Porem, quem sofre destas adversidades, com certeza tem que pagar karma pesado de vidas passadas!

A maior força, dada por Deus, é o nosso Livre Arbítrio. Isso quer dizer, que você, a qualquer momento, pode mudar seu destino, que você escolheu antes de nascer, fazendo simplesmente uma outra escolha! Mas isso nunca suspende seu programa de aprendizagem e somente transfere algumas tarefas para mais tarde ou uma próxima vida. Importante é o seguinte:

Quem percorre um caminho espiritual, carrega consigo um código de honra a ser cumprido. Isso vale também para o astrólogo kármico. Ele não pode mentir, não pode inventar coisas que não estão no mapa para agradar e não deve omitir verdades, mesmo quando são dolorosas.

Imagem: portalsaofrancisco.com.br, consuladosocial.com.br, navegandomeubarco.blogspot.com, vidadecamaleao.wordpress.com,

%d blogueiros gostam disto: