Arquivo

Posts Tagged ‘reencarnação’

Astrologia Kármica – Mapa Astral Kármico (2)

Você sabia que cada alma desencarnada escolhe e planeja cuidadosamente, junto com seus guias espirituais e conforme suas necessidades kármicas, suas tarefas em cada detalhe que quer enfrentar numa nova reencarnação, incluindo o ambiente, as condições de vida e seus parceiros, como família, relações amorosas e filhos?

Imagine um ser que errou muito em vidas passadas com abusos de poder, de dinheiro, de arrogância, de ignorância, de ganancia, e malandragens etc., etc.

Provavelmente vai escolher nesta reencarnação uma vida humilde para conhecer o outro lado da moeda e pagar seu karma com pobreza, doenças, brigas, desentendimentos, e infelicidades e, quem sabe, vivendo dentro de uma favela, porque no estado não encarnado, cada ser tem uma consciência ilimitada e somente sente a necessidade de evoluir o mais breve possível.

Quando tudo for acertado, apenas falta determinar o melhor momento para o nascimento para coincidir com as constelações do céu.

Imagina ainda como será a infância desta criança, sua educação, sua adolescência e com a vizinhança com o crime? A lição de vida vai ser muito dura e apenas poucas pessoas vão poder se superar e conseguir alcançar uma vida melhor.

Mas também muitas outras pessoas, pessoas de bem, estão num caminho errado sem saber e eu me pergunto, quantos golpes do destino são necessários para que enxerguem que tem que mudar suas atitudes e tomar outras escolhas? Quanto sofrimento, quantas doenças podiam ser evitadas, se as pessoas tomassem voluntariamente uma direção diferente e os sofrimentos e as dores forçadas não seriam mais necessárias?

Cada um pode mudar seu destino, se tiver a consciência, percepção e discernimento do certo e errado. Sempre há escolhas para fazer e você mesmo decide quais provas e tarefas quer experimentar. Para tudo isso serve a astrologia kármica, para discernir entre as diferentes ações e dar preferencia a uma compreensão e consciência espiritual maior e crescente.

Raras vezes, eu como astrólogo kármico, conheço as pessoas pessoalmente, seus rostos e mesmo assim me torna normalmente seu amigo, pois eu vejo suas almas, seu karma, seu passado, suas alegrias e suas tristezas e sofrimentos, seus amores e seus medos. Com sensibilidade, conhecimentos e experiência, minha única intenção é de ajudar as pessoas se conhecerem a si mesmas melhor e indicar um caminho mais feliz para a vida atual e futura e ao mesmo tempo para sua evolução espiritual.

Cada um pode saber, porque sua vida é assim como é, de onde ele vem e para onde vai. Todas as perguntas podem ser respondidas.

Imagem: viverconsciente.com,

Astrologia Karmica: Homossexualidade

fevereiro 26, 2012 Deixe um comentário

Quem ainda não está bem familiar com reencarnação, normalmente necessita alguma prova da sua existência. Assim também comentou uma mulher de 32 anos comigo que me consultou alguns anos atras.

Expliquei a ela que sem mapa astral eu não sabia quais seriam as provas, mas em geral aparecem varias no mapa e na interpretação e somente ela podia avaliar, se seriam verdadeiras ou não. Bem, ela estava em tantos apuros e já tentava de tudo para resolver, ou pelo menos encontrar uma explicação razoável dos seus problemas, que ela me deu o pedido de explicar sua vida astrologicamente.

Durante o trabalho vi algo confuso e, como não a conheci alem dos seus dados de nascimento, resolvi ligar para ela e perguntar de uma maneira cuidadosa, decente e sensível o seguinte:

Favor me explica uma duvida que estou vendo em seu mapa astral, a senhora é homossexual? Eu vejo algo assim aqui.”

E ela explicou que nunca era homossexual e sempre tinha namorados masculinos, até o ano passado em que se apaixonou por uma pessoa e que ela era feminina, que antes também não era homossexual. Este era seu problema principal e como podia ser possível. E agora era rejeitada pelos amigos e a família e alem disso sua amante estava a abandonando.

Pedi os dados de nascimento também da sua namorada para ver este problema dos dois lados.

Eram nesta vida duas mulheres profissionalmente independentes, mas a minha cliente era obviamente, numa vida anterior, homem e tinha relações amorosas com esta namorada de hoje. Este homem do passado, porem, era infiel, violento e não tratou sua mulher bem, sem respeito e amor, razão da sua mudança kármica de sexo nesta vida atual, …e o reencontro destas duas pessoas sob outras condições. Quando se reencontraram e conheceram nesta vida, o impacto repentino era grande como um raio e as duas mulheres acharam no inicio da amizade que eram almas gêmeas. Mas depois começaram brigas e desentendimentos até rejeição da minha cliente pela outra mulher.

É assim que o karma trabalha, sempre apresentando as tarefas e provas necessárias para aprender a lição e evoluir, independente se alguém acredita ou não.

Alguns dias após de apresentar meu trabalho para minha cliente, também a outra encomendou seu mapa astral. A ruptura entra as duas se tornou definitiva, mas pelo menos entenderam seus problemas, se respeitaram mutuamente e deixaram de ser homossexuais a respeito de outras mulheres, mas as duas não podiam esconder que uma continuava ser atrativa para a outra.

Mantive o contato por alguns tempos e as duas me ligaram quando necessitaram alguém que tinha a capacidade de entender e avaliar seus conflitos, e fornecer algum conforto verbal.

Não seria legal, se todos entendessem a homossexualidade abertamente e com respeito, pois não há nada de doença, loucura, aberração ou capricho da natureza ou decadência mental ou genética? Se trata simplesmente de uma necessidade kármica para equilibrar algum comportamento errado do passado.

Karma é a Lei da Compensação.

Não é simples?

Imagem: ceulimpomascomnuvens.blogs.sapo.pt,

Astrologia Karmica: Morte ou Imortalidade?

fevereiro 23, 2012 Deixe um comentário

De que lado você está? Daqueles que acreditam em vida única e que depois da morte tudo acabou, ou daqueles que sabem que já viviam varias vezes e que vão voltar ainda muitas vezes?

A imortalidade começa exatamente com o segundo grupo, pois estas pessoas já têm a consciência necessária para seu crescimento espiritual e sua evolução em direção as dimensões mais altas. A final, tudo apenas é uma questão de enxergar a realidade verdadeira e deixar a cegueira atras de si.

Esta abertura pode acontecer em varias formas, mas ela tem algo a ver com o desenvolvimento do corpo emocional que na maioria das pessoas está completamente subdesenvolvido. Partindo do ponto de vista que apenas há uma única energia Divina que se chama amor e que somente nós, os seres humanos, vivem sempre os 2 lados opostos neste planeta, as pessoas com o corpo emocional não bem desenvolvidos, vivem na regra mais o lado negro das coisas.

O oposto do amor não é o ódio, como se acha normalmente, mas o medo, que cria o ódio, a raiva, a violência, a ganância, a falta de ética e todas as outras qualidades que nós chamamos maus. Porém, se tudo é de Deus, então as coisas maus também são Dele. O caminho ideal é o caminho do meio, como entre frio e quente há a temperatura morna.

O que uma pessoa vai viver durante uma vida, frio, quente ou morno, depende do seu karma de outras vidas e correspondentemente da sua qualidade de vibração e radiação, da sua freqüência, da capacidade da sua ressonância. Isso vale para todas as áreas visíveis e invisíveis da vida, especialmente quando uma pessoa aumentou sua faixa de percepção, como a abertura do sexto sentido, também chamado o terceiro olho ou a terceira visão.

Quem não a tem, não pode imaginar o que é, mas para a pessoa que a ganhou, parece um milagre de enxergar de repente algo absolutamente real que antes não existia.

O nosso ambiente, na verdade, é o espelho, em que ele enxerga e experimenta apenas a si mesmo. Ele nunca pode enxergar algo diferente, porque ele apenas consegue filtrar aquilo com que sente uma afinidade. Que não se conscientiza deste fato, provavelmente vai cometer muitos erros do tipo acima descrito do lado oposto do amor.

Na verdade, estas pessoas sempre lutam contra si mesmo sem perceber que esta é a fonte de todo o sofrimento. Mas assim, como vale para os lados negros da vida, também vale para tudo que é positivo.

Esta luta, porém, já se tornou tão comum que as pessoas não apenas lutam contra algo, mas também em favor de algo, paz, justiça, saúde, humanidade e outras coisas, sem perceber que ainda se trata de luta. Seria melhor de estabelecer a paz dentro de si mesmo, em vez de continuar lutando, pois a ressonância e afinidade são muito mais eficiente. Quem muda sua afinidade, muda sua freqüência e consequentemente recebe um outro programa de um outro ambiente mais pacifico.

Cada um deveria se perguntar: Porque acontece aquilo comigo e agora? Quem não faz estas perguntas, também não recebe as respostas certas.

Quem não, pelo menos, considera a reencarnação possível, nunca sairá da sua vida e morte única! Somente tentando evoluir e crescer espiritualmente pode ganhar a vida eterna e sua imortalidade infinita.

Entre nós, eu acho a reencarnação fantástica e confortante, especialmente para gente que já conhece algumas das suas vidas passadas, e pode comparar situações difíceis vividas no passadas que se repetiram em outras vidas e foram resolvidas de outra e melhor forma.

Nenhum juiz pode ser mais justo e também mais cruel conosco mesmo do que nosso juiz interior, nossa consciência, porque ela requer reviver situações já vividas e não bem resolvidas para sair na próxima vez melhor. Pode confiar que sei do que estou falando.

Imagina você mesmo se reencontrando na vida futura!

Imagem: rudyrafael.wordpress.com,

Astrologia Karmica: Poder e Dinheiro (2)

fevereiro 22, 2012 Deixe um comentário

Tudo que foi dito no post anterior vale também para todas as outras áreas da vida, como família, infância, esposas/maridos, filhos, ambiente social, profissão, talentos, amigos, saúde e doenças etc.

As razões da sua reencarnação são muitas, porque você ainda não se tornou perfeita. Imediatamente apos sua ultima “morte” e de deixar seu corpo para trás, sua alma, que consiste agora apenas de consciência total e ilimitada, já sabe que tem que voltar para este mundo dos opostos para aprender mais em muitas áreas, onde você não conseguiu de avançar muito. Ninguém ti manda de volta, é sua própria escolha que ti motiva.

A maior tarefa sempre é e será de conseguir uma consciência no mundo dos opostos tão perfeita como aquela que possui no mundo espiritual. Agora a alma vai se preparar o máximo possível para enfrentar as novas tarefas de uma nova reencarnação.

Eu foi uma “homem de cabeça” que viveu apenas com mente e raciocínio e nem percebi. Também não percebi que nem me encontrava no meu corpo e que não possuía pontos de referência e ajuda de orientação. Eu não sabia de nada e não sabia que não sabia de nada! Eu fui um cego num sono profundo”, escreveu o escritor americano Bob Frissell no seu livro “Nothing in this book is true, but it’s exactly how things are.”

Quer dizer: Nade neste livro é verdade, mas as coisas são exatamente assim.

Porque? De um lado vivemos cego e sem consciência das sabedorias superiores e nem percebemos, pois estamos dormindo profundamente. No outro lado, os poderosos com suas manipulações fazem de tudo para que nos permanecemos nestas condições lamentáveis. E todos nos participamos com consumo exagerado, com cartões de credito, divertimentos – na maioria duvidosos e de baixo nível – como BBB, futebol e outros programas de televisão, estamos terrivelmente endividados, sendo ainda roubados pelos políticos corruptos que nos mesmo elegemos, e… pagamos agora caro para nossa boa fé e ignorância com impostos e juros altíssimos.

E o que temos em troca? Exatamente o que merecemos: sistemas de educação e saúde péssimos, sem segurança publica, tantas assassinatos e violência se tivéssemos numa guerra, estradas ruins e catástrofes cada ano de novo, entre outras coisas inaceitáveis.

O mais triste é que ninguém acredita que está cego e dormindo. Por isso, tudo continua como está, pois apenas aquelas que já acordaram, sabem que estavam cego e dormindo e têm condições de mudar algo.

O que você acha de interromper o sono e acordar? É fácil, é apenas querer! Pense nisso. Astrologia Karmica pode ser um primeiro passo.

Imagem: ensaiosobreacegueira.wordpress.com,

A Morte… uma grande Ilusão?

fevereiro 12, 2012 Deixe um comentário

Do ponto de vista kármico e da Astrologia Karmica de Reencarnação, cada um escolhe seu próprio destino e evidentemente sua morte e também o momento exato de morrer.

Isso necessita uma explicação: esta escolha não é feito agora ou pouco antes da morte, mas muito antes mesmo, exatamente antes de reencarnar e ainda numa outra dimensão. E a morte também não e prevista ou planejada em termos de quantidade de tempo, quer dizer numa data certa, mas pela qualidade do tempo, quando certos princípios arquétipos entram em ação.

A morte, ou melhor a desencarnação, recente, repentino e aparentemente prematura de algumas pessoas famosas e queridas, como Daniel Piza (46), Steve Jobs (56), Wando (66) e Whitney Houston (48), entristece as pessoas e é a razão de pensar sobre o próprio destino. O que vai ser? Como eu vou morrer? Existe apenas uma única vida?

Vale a pena de repetir dizer que o acaso, a coincidência, não existem. Somente existe o destino e a reencarnação e a volta muitas vezes ainda. Nos não somos corpo e mente que tem uma alma, nos somos a alma, o espirito que possui o corpo e a mente e quando desencarnamos, não morremos, pois nosso alma é eterna e mantem a consciência e tudo que já aprendemos em centenas de reencarnações. O que morre e o que deixamos para trás, é nosso corpo físico, o que não pode ser confundido com nosso EU.

Uma morte prematura, normalmente envolve razões kármicas e tarefas kármicas. Para resolver um karma de vidas passadas e evoluir, as almas escolham certas tarefas e provas para superar. Digamos, alguém que tinha numa vida anterior problemas com algum tipo de vicio, vai escolher algo similar para superar este vicio nesta vida. Quando não consegue suficientemente e para não criar mais karma com mais peso, ele se desliga ou sera desligado por seres superiores. Existem milhares de razões diferentes que ninguem conhece e nunca vai saber.

Claro, que os parentes e outras pessoas sentem a falta do desencarnado e ficam tristes, mas o desencarnado, provavelmente no mesmo momento de partir, vai sentir um grande alivio e até felicidade de estar agora livre sem seu corpo limitado.

Agora, ele apenas é consciência e sabe exatamente que tem que se preparar logo para uma nova reencarnação e atacar de novo seu antigo vicio, desta vez com mais força e mais decisão.

É importante saber que, quando “morremos” aqui, renascemos em uma outra dimensão e se nascemos aqui, “morremos” .

Imagem: araltondoamanhecer.blogspot.com,

Astrologia Kármica, Reencarnação, Doação de Órgãos…

setembro 20, 2011 2 comentários

Qual é o elo de ligação? É muito simples. Desde o nascimento, tudo que a alma quer ganharé experiencia e consciência para evoluir espiritualmente. A palavra chave para tudo é consciência. Afinal, a própria alma é consciência e isso também é tudo que o ser leva mais tarde para o além.

Porque é tão importante de morrer em paz e porque este processo leva tempo e também deve levar algum tempo? Porque a morte aqui neste mundo significa o nascimento numa outra dimensão. Um bebê que vai nascer no nosso mundo – e morre – também não nasce no vapt-vupt, como todas as mães sabem.

A mesma coisa acontece quando vamos nascer no outro mundo, o que significa morrer aqui. Não é simples e muito compreensivo? Por esta razão morrem os órgãos também devagarzinho conforme o suave e demorado desligamento do cordão de prata.

Veja um exemplo da minha própria experiencia. Em 1991 morreu minha mãe e eu somente consegui me despedir dela 24 horas depois, pois estava viajando quando ela desencarnou. Evidentemente, o filho chorou pela “morte” da sua mãe, mas ao mesmo tempo o esotérico e astrólogo kármico de reencarnação queria ver com os próprios olhos o cordão de prata para ter certeza se a alma da mãe ainda estava presente ou não.

Então, eu consegui ver realmente o que é o cordão de prata, uma ligação do corpo, já completamente em estado de “morte cerebral” e muito além disso, porem a alma ainda estava flutuando encima do seu corpo. Dos dois lados não vi nada, mas da cabeça para os pés e vice verso vi algo como o fino fio de fumaça de um cigarro, mas ainda muito mais fino e, que surpresa, ainda se mexendo devagarzinho. De repente vi também o rosto da minha mãe um pouco acima do seu corpo. Fiquei muito feliz de poder explicar tudo que aconteceu e para onde ela ia se dirigir. Ela nunca acreditou em reencarnação, mas agora reconheceu a verdade que “morreu”, mas não estava morta!

Nos tivemos mentalmente uma longa conversa, mas tudo o que ela falou e perguntou era a voz típica da minha mãe que soava em minha cabeça. Durante alguns dias, ela apareceu varias vezes para mim e sempre estava acompanhada de seres de luz.

Somente há uma única exceção de uma morte instantânea: a perda repentina e total do sangue. Nesta caso o cordão de prata se rompe rápido e definitivo. Conheço bem este estado de uma vida passada. A primeira impressão era de confusão total. Eu flutuava numa neblina sem saber quem era e o que aconteceu. Não sei, quanto tempo levava, mas devagarzinho voltou a memoria, lembrei de quem era e onde e o que aconteceu. A neblina se foi e eu vi meu corpo já completamente morto e dilacerado por uma bala de canhão. Não existia mais nenhuma ligação com ele e meus sentimentos a respeito dele não era mais do que para um par de sapatos velhos e cheio de buracos.

Cada um que está andando no caminho espiritual pode se chamar Pesquisador da Verdade, pois isso é a única coisa que interessa, porque a verdade liberta. E isso inclui qualquer coisa da vida, relacionamentos com seres humanos, animais e natureza, vidas passadas e karma, doação de órgãos,alimentos e suas substâncias tóxicas, remédios e a industria farmacêutica, produtos que provocam doenças, políticos corruptos, etc., etc. Simplesmente tudo que não combina com a Ordem do Universo e o Amor e os Mandamentos de um Bom Deus.

Imagem: rebekafelicianoq.blogspot.com,

A Morte… e o que a Igreja Cristã omite

Originalmente, a religião cristã a partir de Jesus Cristo continha como fato – e não apenas como crença – a reencarnação, bem como suas várias crenças anteriores (como por exemplo os Essenios). Isso era absolutamente normal e nenhuma contradição. O que mudou?

Em todas as cinco religiões principais a reencarnação faz parte, bem como na maioria das religiões “primitivas”. Acontece que no decorrer do tempo e motivado pelo jogo do poder e medo da Igreja, a ideia da reencarnação foi abandonada da Religiao Cristã e em seguida omitida para sempre.

A Igreja Cristã substituiu o conhecimento da reencarnação pelos ensinamentos oficiais do “pecado original” e o “aparente inferno eterno”. Porque tantas pessoas sentem terror e panico da morte? Tem a ver com o fato que a igreja mudou os conhecimentos primordiais sobre morrer, morte e reencarnação, usando maldição e demonizando as crenças anteriores.

Em todo o Ocidente Cristã, os conhecimentos da reencarnação foram substituídos pelo alegado “pecado original” e uma única vida na Terra e no final seguido por um purgatório para entrar eternamente ou no céu ou no terrível inferno. E este jogo de medo e poder funciona ate hoje.

Diante deste quadro dramático parece evidente que a medicina oficial, e com ela muitos médicos, está tentando de qualquer jeito e de qualquer custo prorrogar a vida terrena de um ser humano.


Uma das suas “conquistas” é o transplante de órgãos de homem para homem, especialmente do coração, mas também a doação de rins e fígado como doação viva – um órgão ou parte é doado de uma pessoa viva. Isso já se tornou rotina. As vezes, ate órgãos de animais são transplantados.

Exatamente aqui começa um dos mais cruéis dramas de sofrimento humano. Em vez de um acompanhamento amoroso da pessoa que vai morrer, ela vai completamente abandonada para a preparação cruel e urgente da retirada dos órgãos! Na maioria dos casos, o doador sofre de dores terríveis, pois a morte cerebral ainda não significa a morte do corpo!

Continua.

Imagem: galeriacores.blogspot.com, tribunadonorte.com.br,

%d blogueiros gostam disto: