Arquivo

Posts Tagged ‘remédios’

Dinheiro contra Ética

novembro 10, 2013 Deixe um comentário

Animais não têm alma, animais não sentem dor, animais podem sofrer para o bem do homem… esta certo ou errado?
2013-11-10
A questão é muito mais simples: “Big Pharma” não se interessa como ganha, deste que ganha MUITO DINHEIRO nas costas dos fracos, neste caso dos animais.

Tudo mundo está ao par da luta da Luísa Mell contra Mayana Zatz, cientista responsável do Instituto Royal, para salvar os beagles de ser usados em “Experiências Cientificas”.

Conheço muito bem os métodos da indústria farmacêutica, que, para ganhar muito dinheiro, cria doenças para vender seu remédios e vacinas. E mesmo nas vacinas contra alguma doença, colocam ainda mercúrio, alumínio e outras substancias toxicas para criar mais tarde, por exemplo, câncer em pessoas vacinadas, especialmente crianças. E ninguém sabe ou não quer saber ou acreditar. É um fato comprovado “cientificamente”! Pode ler neste blog!

Evidentemente, estou ao lado da Luísa Mell!

Porem, há um grande erro em seus argumentos, que tem que ser corrigido: “Paracetamol, por exemplo, é nocivo para cães e não para humanos.”

Ela não deve saber que PARACETAMOL é usado em casos de DENGUE. Paracetamol é, na verdade, a origem da “Dengue Hemorrágico”, porque em altas doses destrói o fígado, que mata a pessoa doente pela hemorragia!

Outra coisa: Sabe como evitar pegar dengue, além de evitar deixar agua parada em qualquer lugar?

É muito fácil, comer Inhame!!! Como antigamente os índios, que não conheciam Dengue, Febre Amarela e Malária!!! Só os tempos de “Civilização” e “BIG Pharma” começaram com a Dengue e outras doenças desconhecidas. Inhame limpa o sangue de qualquer bactéria, viro e outros bichinhos malvados!!!

Imagem: animal.discovery.com

Anúncios

A Verdade Dói

dezembro 24, 2012 Deixe um comentário

2012-12-24A Verdade é suprimida. A Verdade é inconveniente. A Verdade não é entendida pelo povo. A Verdade foi dividida em milhares de teorias e tem sido declarada ciência para a massa das pessoas. Quanta verdade o homem suporta?

Conhecimento intelectual superior não é bem-vindo.

Após anos de pesquisas e testes em plataformas de comunicação mais variadas da Internet, os resultados são surpreendentes. Foram estabelecidos termos reais como apelidos, e mesmo assim foram mal compreendidos. Com centenas de perguntas e indicações na direção certa, nós fomos verbalmente espancados por autonomeados Wiki-gurus, especialistas do Google, pregadores de botequim e tolos reais.

Ninguém encontrou ainda “a verdade”. Todos discutem com frases do Google, com poucos conhecimentos, preconceitos e opiniões religiosas intolerantes. E ainda se chamam mentores e administradores. Essas pessoas não têm a mínima ideia do mundo externo real e não buscam mais Deus na igreja, mas nos tempos novos da internet. A maior parte do tempo, eles passam nas telas dos monitores num mundo virtualmanipulado, fora da realidade e sem prepara para acordar, enxergar e discernir. Assim, se tornam vitimas destinadas a manipulações de qualquer espécie.

Embora ainda haja algumas poucas exceções. Mas estas são as pessoas que não gastam mais seu tempo com o comportamento uniformizado da massa nebulizada e imobilizada pelas manipulações.

Infelizmente, a grande massa de pessoas não tem culpa da sua ignorância, porque este programa de manipulação já funciona por muito tempo durante varias gerações. Hoje se trata “apenas” de água, refrigerantes, comida, remédios, doenças, vacinas, protetores de sol, música, filmes, vídeos, noticias, jornalismo, telefones celulares, lâmpadas, iodo, cloro, flúor, mercúrio, adoçantes, Aspartame… etc., etc.

As pessoas também não sabem o que acontece no campo morfogenético com todos os rabiscos manifestados. Eles, praticamente, jogam gasolina no fogo. Por um lado, clamam por  iluminação, mas quando encontram a verdade, eles não a querem ouvir. Bem, é um desperdício de tempo, se esforçar para responder a insultos e ignorância. A maioria não entende que conhecimentos e sabedoria não vem apenas dos livros e da Internet, mas também tem que ser vivida. A experiência traz o conhecimento, mas isso quer dizer de tirar a bunda atrás do computador.

Apos saber quem são os Donos do Mundo e como eles manipulam a verdade, a Humanidade, está na hora de conhecer detalhadamente os campos, áreas e maneiras de prejudicar as pessoas.

Continua.

Socorro! Sou portador da Orthorexia Nervosa!

Nossa, você já ouvia falar desta coisa?

Conforme o jornal inglês The Guardian, sofro de uma doença de difícil cura e que pode ser considerada perigosa com seus distúrbios mentais. E agora? O que faço?

Primeiro, vamos evitar qualquer pânico e tentar esclarecer meu estado de saúde (ou doença?) com bom senso e raciocínio. Não me sinto doente, não tenho dores e tudo parece normal. Também mentalmente. Pelo menos acho. Deve ser um bom sinal. Ou já de loucura?

Mas, no outro lado, cada louco sempre acha que os outros são loucos, enquanto ele mesmo é o único de mente são! Então, isso não prova nada. Afinal, o que aconteceu? Todo este oba oba, somente porque gosto de me alimentar saudável e rejeito na medida do possível qualquer comida industrializada e cheia de conservantes e tóxicos? Deve ser isso.

Como vivo numa democracia, a maioria sempre tem razão, …ou não? Me lembro de algo que soava como “a minoria inteligente”…

Quem tem a culpa? E quando começou esta doença misteriosa? Suponho que tem haver com os aspectos complicados entre Saturno, Urano e Plutão e as mudanças de 2012. Ou será que Júpiter está estragando minha saúde? Pergunta atrás de pergunta.

E a maioria, chamada normal, que gosta de engolir tudo que não é saudável, porque é industrializo e contem inúmeros venenos? Deixe-os viver feliz do jeito deles. Falta-lhes discernimento, são vitimas da propaganda, do pensamento “mainstream”, da ditadura de opinião dos poderosos? Para me são um tipo de zumbí, sabe, aqueles mortos vivos ou vivos mortos, que não tem critica e aceitam tudo e fim do papo.

Por exemplo: eles gostam de engolir ASPARTAME – substancia venenosa – como adoçante, aceitam MERCURIO – Metal pesado – em dentes e flúor na água e em pastas de dente, não se importam com CHEM TRAILS no céu, contaminando a natureza e todos os seres vivos, tomando remédios que mais matam do que curam e outras coisas.

Mas, você – pelo menos espero isso – e eu sabemos a verdade: Nos somos os normais! E o único caminho de levar os outros a realidade, é de fazer que eles comam mais saudáveis e naturais. Somente assim eles podem recuperar sua capacidade de percepção e discernimento. Não podemos forçá-los, mas devemos indicar o caminho.

Imagem: info.kopp-verlag.de

Médicos podem ser perigoso para sua saúde (2)

dezembro 22, 2011 Deixe um comentário

A questão principal é: Os médicos são realmente independentes e apenas tem o bem dos pacientes em mente ou são um tipo de escudeiros para o “Big Pharma” da industria farmacêutica?

Como vimos no post anterior, estudantes iniciantes de medicina já recebem favores e um currículo secreto, desenvolvido pela industria farmacêutica com a aprovação das faculdades de medicina, nos EUA. Mas estes fatos não se limitam aos Estados Unidos, pelo contrario, é comum no mundo inteiro, na Europa, em outros continentes como também no Brasil. E tudo acontece com a aprovação dos responsáveis pela saúde em todos os países, porque também eles recebem sua parte lucrativa!

Nestas circunstancias, quem pode ainda garantir sua imparcialidade? E que ele não prefere tratamentos e medicamentos de certas industrias farmacêuticas?

Este tipo de doutrinação contamina qualquer mente e destrói o bom senso. Em vez de se dedicar aos problemas do paciente, o medico corre o risco de não se esforçar em escutar o doente e em procurar uma solução, pois ele acha que já a tem e, muitas vezes, contamina seu paciente com medicamentos super dosados.

Uns dos maiores problemas hoje em dia não são as doenças em geral, mas o envenenamento com produtos químicos tóxicos de qualquer especie, com remédios, com vacinas, com alimentos, com bebidas, com produtos de proteção ao sol, com produtos de beleza etc, etc.!

Aqui vale uma palavra em favor dos médicos: Como eles podem resolver problemas, se eles não conseguem determinar a doenças atras de todas as intoxicações dos pacientes? Que medico tem ainda o tempo ou a paciência de investigar as raízes dos males dos seu pacientes, que engulam tudo sem se preocupar com os conteúdos? Um exemplo são os fumantes, os alcóolicos e outros dependentes que sabem que fazem mal a sua saúde e, mesmo assim, continuam se intoxicando.

Voltando ao assunto principal: Quem pode limitar o poder e a influencia dos gigantes do ramo farmacêutico, se os beneficiários são os próprios estudantes, médicos e governantes. Quem já quer defender os pacientes que sempre são os elos mais fracos nesta corrente?

Os autores destes estudos recentes sugerem uma melhor preparação e formação dos estudantes a respeito das relações entre médicos e a indústria farmacêutica e recomendam que este papel deve ser das faculdades para criar regras de limitar os contatos entre estudantes e esforços de marketing das empresas farmacêuticas. Porem, vai ser difícil, porque estas empresas dominam as universidades e continuam com sua influência significativa sobre os alunos – e também sobre os professores.

Os autores também recomendam que as faculdades contrariam mais os currículos secretos e promovem mudanças que incluem também os cientistas e professores que preenchem a função importante de exemplo ideal.

Conclusão: Estas mudanças podem contribuir para que a educação médica alcança dois objetivos importantes: realizar melhor a ancoragem de valores estritamente relacionados à profissão e à promoção do respeito aos princípios científicos e uma avaliação crítica das provas, que mais tarde influenciaram a decisão clínica e práticas de prescrição.

“Os problemas ainda podem piorar”, dizem os editores do editorial CMAJ, Drs. Noni, McDonald, Paul Hebert, Ken Flegel e Matthew Stanbrook. “A assistência médica é mais complexa hoje do que em décadas passadas … A crescente complexidade dos suprimentos dos pacientes antes e dentro da sala de cirurgia requer dos médicos cuidados especiais nestas áreas, alem de demandas cognitivas e físicas sem precedentes.”

Mais informações:

http://www.plosmedicine.org/article/info%3Adoi%2F10.1371%2Fjournal.pmed.1001037

http://www.cmaj.ca/cgi/doi/10.1503/cmaj.110402

Canadian Medical Association Journal (CMAJ),

CMAJ-Redatores Drs. Noni McDonald, Paul Hebert, Ken Flegel e Matthew Stanbrook

Imagem: Universidade Harvard 375 Anos

Categorias:Manipulação, medicina Tags:, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Karma e Reencarnação: Cegueira Espiritual (5)

Como superar a terrível cegueira espiritualmente?

Alias, a pergunta é limitada demais. Certo seria perguntar da cegueira espiritual, mental, cultural, social, politica, educacional, emocional etc., etc.

Nos, e não apenas aqui no Brasil, temos uma enorme deficiência de valores reais e não estou falando de dinheiro e bens materiais. Falta vergonha na cara, falta decência, dignidade e verdade, amor e bondade, faltam valores natureis e indiscutíveis que se aprendeu normalmente nos primeiros anos de vida dos pais como antigamente. Hoje, os pais não tem mais tempo e delegam esta tarefa para as escolas que não estão em condições de assumir. Resultado: uma boa parte da ultima geração está perdida e usa drogas.

Hoje, o mundo é regido pela mentira, pela ganancia dos imensamente ricos e poderosos e as pessoas normais esquecem que existe reencarnação e karma e que isso quer dizer conseqüências dos atos errados. Somos nos que plantamos hoje nosso futuro em vidas próximas. Depois não adianta de chorar, rezar e pedir, o karma vai tomar conta de nos. Hoje podemos ver como o karma funciona, é somente dar uma olhada em nosso volta. Especialmente as cidades grandes tem um cinturão de pobreza e miséria em sua volta. Cegueira também é de não se importa com isso. A nossa ignorância e omissão também cria karma no futuro.

O que falte é consciência e vontade de mudar e melhorar as condições de vida de todos nos neste planeta, falta imaginação, falta lucidez em enxergar as verdades, falta querer de acabar com as futilidades em nossa volta. A televisão deixou de produzir programas de qualidade e apenas fornece baixarias e coisas terrivelmente fúteis para conservar nossa cegueira e nosso estado mental e espiritual dopado. A imprensa “mainstream” age do mesmo modo.

Nos estamos tão dopados que nem percebemos – e ate aceitamos sem pensar ou reclamar – que tudo em nossa volta contem componentes tóxicos, seja nos alimentos, nos remédios, no chão, no ar, na água, nos produtos de proteção e bem estar, simplesmente em tudo que nos cerca durante o dia e a noite.

O que falta é que nos deixamos apenas de ver para começar a enxergar, que nos acordamos e desenvolvemos consciência e decência, deixando a velha ignorância e as capacidades de levar vantagem em tudo para trás e nos tornamos pessoas adultas, dignas e responsáveis, usando menos nossos cotovelos para ter sucesso.

O que falta é de aprender de novo de perdoar e amar. Nos encarnamos para amar e ser amado. Bom seria, quem sabe, de desenvolver um tipo de ressaca moral.

Para tudo isso, a astrologia kármica de reencarnação pode ser muito útil, pois convida as pessoas de se conhecerem melhor, de acordar sobre si mesmos, de pensar sobre sua situação, de tentar de aprender a espiritualidade e se esforçar de evoluir nesta vida.

Quem pensa que que por mais escura e longa que seja a noite, o sol sempre volta a brilhar, pode ter razão, pelo menos filosoficamente, mas pode ser que o sol não brilha mais para ele!

Socorro! Sou portador da… (2)

abril 17, 2011 1 comentário

…Orthorexia Nervosa! Nossa, já ouvia falar desta coisa?

Conforme o jornal inglês The Guardian, sofro de uma doença de difícil cura e que pode ser considerada perigosa com seus distúrbios mentais. E agora?

Primeiro, vamos evitar qualquer pânico e tentar esclarecer meu estado de saúde (ou doença?) com bom senso e raciocínio. Não me sinto doente, não tenho dores e tudo parece normal. Também mentalmente. Pelo menos acho. Deve ser um bom sinal.

Mas, no outro lado, cada louco sempre acha que os outros são loucos, enquanto ele mesmo é o único de mente são! Então, isso não prova nada. Afinal, o que aconteceu? Toda este oba oba, somente porque gosto de me alimentar saudável e rejeito na medida do possível qualquer comida industrializada e cheia de conservantes e venenos? Deve ser isso.

Como vivo numa democracia, a maioria sempre tem razão, …ou não? Me lembro de algo que soava como “a minoria inteligente”…

Quem tem a culpa? E quando começou esta doença misteriosa? Suponho que tem haver com os aspectos complicados entre Saturno, Urano e Plutão e as mudanças de 2012. Ou será que Júpiter está estragando minha saúde? Pergunta atrás de pergunta.

E a maioria, chamada normal, que gosta de engolir tudo que não é saudável, porque é industrializo e contem inúmeros venenos? Deixe-os viver feliz do jeito deles. Falta-lhes discernimento, são vitimas da propaganda, do pensamento “mainstream”, da ditadura de opinião dos poderosos. Para me são um tipo de zumbi, sabe, aqueles mortos vivos ou vivos mortos, que não tem critica e aceitam tudo e fim do papo.

Por exemplo: eles gostam de engolir ASPARTAME – substancia venenosa – como adoçante, aceitam MERCURIO – Metal pesado – em dentes e pastas de dente, não se importam com CHEM TRAILS no céu, contaminando a natureza e todos os seres vivos, tomando remédios que mais matam do que curam e outras coisas

Mas, você – pelo menos espero isso – e eu sabemos a verdade: Nos somos os normais! E o único caminho de levar os outros a realidade, é de fazer que eles comam saudável e natural. Somente assim eles podem recuperar sua capacidade de percepção. Não podemos forçá-los; devemos indicar o caminho.

Imagem: info.kopp-verlag.de

%d blogueiros gostam disto: