Arquivo

Posts Tagged ‘sal marinho de um leito marinho limpo’

O mito da Pressão Alta (2)

agosto 14, 2013 1 comentário

De Dr. Rondó

Você sabia que o sal de mesa é tóxico?

Leia isto antes de você começar a salpicá-lo na comida.

É importante que você obtenha o sal da mais alta qualidade na sua dieta justamente como se faz com qualquer nutriente. Então, vamos conversar um pouco sobre qual sal é o melhor para você e o que as empresas têm feito para transformar o sal comercial em toxina ao invés de um nutriente.

2013-08-14A essas alturas, você está bem ciente de que o processo de refinamento pode reduzir o valor de qualquer alimento e realmente transformar alguns alimentos em produtos tóxicos. É muito provável que, se uma correlação entre o sal e a hipertensão for algum dia comprovada conclusivamente, ficará provado que é causado pelo consumo maciço do sal comercial refinado.

Nem todos os sais foram criados iguais. Exatamente como o adoçante não é açúcar, o sal comercial não é sal, ou pelo menos não é feito para o consumo humano. O sal comercial é um produto industrializado feito para a indústria química, e não para a sua mesa. Noventa por cento deste sal de classe industrial vai para a indústria química e o resto para o supermercado e para a sua mesa de jantar. O sal refinado é destituído dos seus nutrientes naturais; contêm aditivos como o ferrocianeto e silicatos (que basicamente são areia) para evitar que o sal se misture com a água e aglutine, e assim sairá facilmente do saleiro. Mas se o sal não se mistura com água e 70 por cento do seu corpo é composto por ela, significa que ele não vai se misturar dentro do seu corpo. O único sal que vale a sua consideração é o sal marinho de um leito marinho limpo. Não seja enganado: se o rótulo disser “sal bruto,” não significa que o conteúdo seja puro. O sal bruto é sal industrial não refinado. Pode não ser refinado, mas foi minado de uma fonte muito provavelmente contaminada com metais pesados. O sal marinho é a única opção.
Para ser um sal marinho que valha a pena para a sua família, ele deve preencher todos os três critérios seguintes:

– O sal não será da variedade branca como a neve ao qual você está acostumado. Deve ter uma cor cinza clara. Depois de algum tempo, a cor no fundo do saleiro será mais escura. Se o sal for branco cristal, pode ser sal marinho, mas foi tratado e fracionado para tirar as impuridades e isso tira os minerais essenciais ao mesmo tempo. Se não for cinza claro, não é um sal nutritivo.

– O sal marinho legítimo não é seco ao tocá-lo. Deve ser um pouco empapado. A umidade se deve à presença de sais de magnésio. Quando ele é guardado em um lugar fresco, ele não seca.

– Os cristais sob magnificação são pequenos e cúbicos.
Encontrar o sal marinho puro pode ser bastante difícil. Há vários produtos no mercado que alegam ser “puros”, mas infelizmente quase todos foram modificados até certo ponto.
E lembre-se:

1. Armazene o sal em um lugar fresco e seco em um frasco hermético para evitar que seque.
2. Misture o sal a cada dois ou três dias. Quando o sal marinho natural fica parado, a humildade vai para o fundo do frasco e o sal aglomera.

Imagem: forum.antinovaordemmundial.com

Anúncios
%d blogueiros gostam disto: