Arquivo

Posts Tagged ‘vida na terra’

A Morte… e o que a Igreja Cristã omite (3)

Doação de órgãos: um dos dramas mais cruéis de sofrimento humano. Para quem? Para o doador!

Uma das “Maiores Conquistas da Medicina Moderna”, o transplante de órgãos, infelizmente se tornou um sofrimento terrível para os doadores, porque a Igreja e a Medicina de Transplantação ignoram a vida da alma!

Os especialistas da medicina e responsáveis da igreja tentam de tranquilizar suas consciências com o argumento de “presentear” inúmeros receptores de órgãos com “uma vida nova”, desconsiderando que a pessoa com um órgão estranho não pode mais viver a vida na terra que ele planejou no além antes desta reencarnação para evoluir vida após vida.

A igreja sistematicamente destruiu a crença da reencarnação, respectivamente os conhecimentos primordiais e divinos da humanidade, eliminando também a base de qualquer destino que determina o momento do nascimento e o período, após deste o corpo deve deixar a vida física e retornar para viver no além, negando também que foi a alma que determinou este período de tempo.

A igreja nem fala mais da alma imortal e deixou de separar entre alma e pessoa do ser humano, que sempre era a base de todas as religiões e culturas e substituiu os antigos ensinamentos por uma aparente “morte total” do homem e sua alma junto com uma ressurreição posterior, falsificando partes da Bíblia e ignorando outras.

Os resultados desta modernidade da medicina e da Igreja são os seguintes: Em vez de um acompanhamento amoroso da pessoa destinada a morrer por seus amados, ela vai completamente abandonada para a preparação cruel e urgente retirada dos órgãos! Na maioria dos casos, o doador sofre de dores terríveis, pois a morte cerebral ainda não significa a morte do corpo!

Cruelmente, o pobre doente foi completamente abandonado e fica sem o minimo conforto. A única coisa que importa, é aproveitar ao máximo dos seus órgãos, preparando urgentemente suas retiradas, sem esperar a morte da pessoa em questão que ainda está extremamente sensível a dores, a alma sofre terríveis torturas, mesmo anestesiada. Ficam cenas de matadouro, mas quem já quer saber disso?

Pelo menos, eles deviam respeitado o 5. mandamento: “Não matarás.”

Continua.

Imagem: conteudomega.blogspot.com,

Onde nos estamos? (Final)

Bem-vindos à Idade Média! Somente espero que não vem alguém e nos joga de volta para a Idade da Pedra!

Estou ciente que muita gente acha que não pode ser ou não pode ser tão grave, tão serio. Bem, quem diante do relatado dos últimos 2 posts ainda não acorda, vai se surpreender mais tarde.

A data de dezembro 2012 pode ser um aviso, um ponto no meio do caminho, mas nossa sociedade já está em plena decadência e todos nos estamos assistindo tudo. Cada um pode decidir, se continua assistindo apático como gado antes de ser abatido ou tomar providencias e se defender da melhor maneira.

Seja atento aos acontecimentos em sua volta. Tudo étão obvio. São as ultimas tentativas de uma civilização, que não valoriza a vida na terra, a vida do próximo, e somente quer manter o poder, segurar a oligarquia empresarial, continuar com sua monopolista de maneira de se orientar somente no lucro, dos grandes multinacionais que preferem destruir a terra em vez de perder um pouco dos seus lucros.

A ganancia transformou a humanidade que hoje corre atras do dinheiro e sacrificou seu abastecimento de alimentos, seus polinizadores, seus mares, suas florestas e suas terras para plantar. Os poderosos usaram homens e animais como cobaias para testes de medicamentos. Eles provocaram guerras somente para vender mais armas e criaram e inventaram doenças para ganhar mais dinheiro com seus produtos farmacêuticos.

Tudo isso sao praticas de uma civilização acabada, uma civilização da qual os dias já são contadas. Quem somente quer assistir sem fazer nada, tem que se conscientizar que no lugar da velha vai aparecer evidentemente uma nova civilização.

Por esta razão diga adeus ao poder falso das atuais instituições.

A resposta para a nova civilização é muito simples: Liberdade e Responsabilidade pessoal – liberdade na medicina, liberdade na economia e liberdade da tirania dos governos.

Sejamos honesto: a causa de todos os problemas atuais são os governos ruins, quer dizer corruptos. Eles estão acabando com nosso mundo, eles autorizaram o uso de sementes geneticamente manipulados, eles permitiram o monopólio dos gigantes farmacêuticos e dos agrotóxicos que mataram as abelhas.

Os governos corruptos permitiram o ilimitado endividamento do estado e nos envolveram em guerras, declararam a liberdade na medicina e sistemas de saúde como terminada e protegeram as praticas monopolistas dos gigantes de alimentos, farmacêutica e química.

Todos os sonhos de uma sociedade melhor e mais justa acabaram, pois os servidores do estado – e assim do povo – somente viveram do nosso trabalho duro e em troca arrogaram-se de nos submeter ao seus poderes e ordens e se meteram sempre em tudo das nossas vidas.

O que nos necessitamos não é mais estado, mas mais liberdade. Se tivéssemos mais liberdade, integridade e responsabilidade pessoal, não teríamos enfrentar o colapso deste jeito. Mas, provavelmente – e infelizmente – a humanidade deve ser uma especie muito jovem que tem que pagar pelo seus erros.

Mas, a humanidade – quer dizer, todos nos, você e eu – tem quer aprender uma importante lição: se nos permitimos que multinacionais, bancos e governos se metem em nossas vidas, serem escravizados e, enquanto estamos dormindo, eles nos roubam nosso futuro.

Clandestinamente estão envenenando nosso mundo e quando acordamos, o mundo está destruído e tudo que nos construímos ao longo dos anos.

Tome cuidado com um ser que não é humano – nenhum governo, nenhuma instituição, nenhuma multinacional tem alma, coração e consciência! Eles são as forças da destruição organizada que dizimam tudo que nos amamos e que nos escravizam e nos prejudicam.

Cuide-se dos políticos corruptos que somente servem aos poderosos e traiam seus interesses legais. E seja preparado do que vai acontecer, pois, se você ler isso, você é o futuro da humanidade.

Você tem a obrigação de continuar vivo para ajudar criar uma nova sociedade mais justa e melhor, quando a velha se torna historia.

Imagens: docesreceitinhas.blogspot.com, historiavivaal.blogspot.com, wagnercruzoconsultor.wordpress.com,

%d blogueiros gostam disto: